Reportar erro
Notícias

Sônia Abrão perdoa Emílio Surita após revelar mágoa por piada no "Pânico"

95723e415fb67bb7aab227b51638bc64.jpg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 23/02/2014 às 22:26:03

O "Pânico na Band" foi atrás da apresentadora Sônia Abrão para pedir desculpas sobre o incidente de 2012, quando o programa realizou um "enterro" do personagem Silvio Santos e todas as coroas de flores vinham com o nome da jornalista, que havia acabado de perder o seu pai.

Neste domingo (23), a atração exibiu uma reportagem de Alfinete onde Sônia disse por que criticou o apresentador Emílio Surita: "Eu tinha uma impressão que tinha uma amizade entre eu e ele, mas me enganei. Não queira se colocar no meu lugar. Eu podia entender isso, o que não eu entendi é que eu pedi para parar, mas não pararam".
 


Alfinete defendeu o programa: "Nós não queremos sacanear você, longe disso. Não sabiamos do que aconteceu".

Após certa insistência, Sônia aceitou as desculpas mesmo que Emílio não tenha ido pessoalmente. Ela estava incomodada, mas disse que aceitou porque o "Pânico" já tentou salvar a pista de skate do vocalista Chorão, primo de Sônia: "Deixa eu falar uma coisa, se o Emílio viesse, seria muito melhor. Mas como vocês fizeram uma coisa boa, que foi a reportagem do Chorão Skate Park, e eu não sabia, vamos voltar para o zero a zero, tudo bem? Só vou adicionar por isso".


No encerramento da reportagem, Sônia Abrão deu um selinho em Guilherme Santana, que fazia o personagem Emília Surfista.

Já na volta ao estúdio, o apresentador Emílio Surita pediu as desculpas: "Sônia Abrão, me desculpa. Mas quem tá no humor, tá naquela corda bamba, mas nós gostamos de você e pedimos desculpas".

Na matéria, outra coisa chamou atenção: ao mostrar cenas do "enterro" de 2012, a produção colocou uma marca de "X" no rosto de Sabrina Sato, que foi contratada pela Record.
 


O fato repercutiu prontamente nas redes sociais.

Mais Notícias