"Estou pisando no freio", diz Sergio Chapelin sobre o "Globo Repórter"

Divulgação/ TV Globo

Publicado em 07/04/2013 às 14:38:15

Por: Diego Falcão

Sergio Chapelin comemorou nesta sexta-feira (05) 40 anos do "Globo Repórter" e, em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", disse que vai colocar o "pé no freio" por conta da idade - 71 anos.

"Eventualmente, me convocam. Faço algo como uma pseudo-reportagem. Se me chamam, eu não recuso. Eles (produção) são muito camaradas, não me exigem muito. Nesta minha fase da vida eu estou pisando no freio. Queria gravar um dia só, mas minha chefe não deixa. Ela está sempre inventando coisas", disse o jornalista.

Chapelin, à frente do "Globo Repórter" há 17 anos, disse que o programa hoje se preocupa em mostrar o fato, sem ter que se aprofundar em questões polêmicas.

"Por uma questão política, tínhamos temas mais fortes, uma característica de documentário cinematográfico. Depois, foi se transformando em programa de notícias. Hoje, há preocupação com o factual. Não podemos nos meter em discussões filosóficas ou políticas. Mas é um programa útil", falou.

Ele falou também que não usa redes sociais e observa a repercussão das reportagens no contato direto com o público, nas ruas: "Como sou um cara de antigamente, não me preocupo com internet, Twitter. Se entro numa loja, me dizem que gostaram do programa".

Outras notícias:

Equipe da Rede Globo no Espírito Santo é alvo de atentado Bailarina descobre gravidez e é readmitida no "Domingão do Faustão"

 



COMENTÁRIOS