Notícias

Copa do Mundo, rodada 2: a contenda Dunga x Escobar


A bronca entre Dunga e Alex Escobar foi o fato mais marcante da segunda rodada da Copa na TV. No domingo (20), ficou a visão "maléfica" do treinador do Brasil contra o simpático e competente apresentador da Globo. Mas Maurício Stycer, no UOL Esporte, matou a pau ao clarear o assunto com subsídios relevantíssimos: a emissora se revoltou com o técnico pois ele vetou exclusivas que pretendiam fazer com jogadores para o "Fantástico".
 

 


Divulgação
 

 

A campanha criada na Internet contra a Globo foi um negócio impressionante, na mesma medida da revolta de colegas de diversos veículos com o Dunga - que, de fato, não privilegia ninguém, seja em privilégios ou em bordoadas. Não se justifica o comportamento dele na coletiva. É condenável e não condiz com um status como o que possui. Mas a Globo também não é santa nessa história. É bom seus históricos privilégios serem cortados, e isso a incomoda. Pena que não sobra para os chefes que os praticam e sim para os empregados de representá-la nessas horas.


Melhor ainda


A "Central da Copa" já é divertida na televisão. Fora dela, é mais ainda. O programa, tanto o solo quanto a edição dentro do "Jornal da Globo", continua no site da emissora quando não exibido na TV. Não é totalmente um "bastidores liberados", mas o clima é mais descolado ainda. Quem puder, assista. É diversão garantida.


Esse não me cativou tanto



Acompanhei um pouco do "Band Mania" esses dias. É comédia pura, como vários programas do Milton Neves na TV. Mas eu ainda preferia o "Debate Bola" da Record de São Paulo. Com os cronistas ficava mais divertido que com os ex-boleiros, muito embora o Denílson caia feito uma luva num programa desse gênero.


Muitos locutores e opinadores de fora


Concluídas duas rodadas da Copa, poucos profissionais de cabine do Sportv transmitiram jogos. Além do revezamento dos dois narradores e dos quatro comentaristas enviados à África, aqui do Brasil só deu Jota Júnior e Carlos Eduardo Lino nas partidas da faixa das 8h30.


A volta do Amigão



Paulo Soares voltou a fazer o "Linha de Passe" na ESPN Brasil nos últimos dias. Ele ficou muito tempo afastado do programa desde aquele famoso episódio em 2006, quando encheu a paciência após comentários do José Trajano e simplesmente se levantou e abandonou o debate no ar.


Ausências sentidas



 


Divulgação

 


Vendo determinadas partidas desta Copa, fico brabo com o BandSports. Tinha no seu elenco Sílvio Luiz, tem ainda Ivan Zimmermann. Era para os dois serem "ficha 1" e "ficha 2" nas transmissões direto da África. Enquanto isso, Luciano do Valle batendo cartão em dois canais, ora em um, ora em outro. Pisaram na bola.


Mas não vivemos só de Copa



E outros assuntos merecem destaque: a tentativa de programa esportivo feito só por mulheres que Christine Fernandes tenta emplacar na Globo, com direito a apoio do Fausto Silva (Christine, que é jornalista de formação e exerceu a atividade nos EUA, mas não aqui no Brasil); o segundo jogo semifinal da Libertadores entre São Paulo e Internacional mudar de 4 para 5 de agosto, quarta para quinta, em nítida tática da Globo de não deixar Vitória x Santos, final da Copa do Brasil, sozinha na Bandeirantes com possibilidade desta atingir expressivos índices em Sampa; e principalmente, a confirmação do BandSports na transmissão dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 (juntando-se ao Sportv no canal pago e, claro, à Record no aberto).

 


Edu César é colunista do NaTelinha e titular do site www.papodebola.com.br