Novidade

Filme estrelado por Wagner Moura é uma das apostas da Netflix em abril

Ator brasileiro é o protagonista de Sergio

Filme estrelado por Wagner Moura é uma das apostas da Netflix em abril
Wagner Moura em Sergio - Foto: Reprodução/Youtube

Publicado em 09/04/2020 às 12:11:00

Por: Redação NT

O filme estrelado por Wagner Moura, intitulado de Sergio, é uma das novas apostas da Netflix para o público brasileiro. A produção estreia no dia 17 de abril e trará o ator interpretando o protagonista, um diplomata que é bombardeado por terroristas em Bagdá por causa da guerra entre o Iraque e os Estados Unidos.

Baseado em uma história real, o enredo contará a trajetória de Sergio Vieira de Mello, um homem que trabalha na ONU (Organização das Nações Unidas) e que esteve durante anos da sua carreira atuando para solucionar conflitos em locais instáveis de vários lugares do planeta.

O personagem conversou com presidentes, terroristas, revolucionários e criminosos de guerras para alcançar seus objetivos e trazer a paz em todo mundo. Com reconhecimento internacional, a sua morte chocou diplomatas e líderes de diversos países.

O pacificador viajou para a capital do Iraque no começo dos anos 2000 com a missão de negociar um acordo de paz, mas a sede da ONU em Bagdá foi atacada por uma bomba e Sergio ficou em meio aos escombros. A história irá mostrar o protagonista refletindo sobre a vida no momento em que tenta se salvar.

O trailer chamou atenção pela atuação de Wagner Moura, que ainda conta no elenco com Ana de Armas, de Entre Facas e Segredos (2019), Garret Dillahunt, de CSI: NY, e Bradley Whitford, de The Handmaid's Tale.

Wagner Moura e Netflix

Não é o primeiro trabalho de Wagner Moura na Netflix. O ator indicado ao Globo de Ouro de 2016 ficou conhecido mundialmente pelo seu trabalho em Narcos (2015-2016), quando deu vida ao narcotraficante colombiano Pablo Escobar, um dos homens mais poderosos do mundo nos anos de 1980.

Ele chegou a ser cogitado para interpretar o personagem Sérgio Moro na série O Mecanismo, de José Padilha – diretor de Tropa de Elite e Tropa de Elite 2 – mas o artista optou por se dedicar ao cinema.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!