Catolicismo

Livros de Harry Potter são removidos de escola católica por "conselhos de exorcistas"

Saga Harry Potter teve seu primeiro livro lançado há 22 anos

Livros de Harry Potter são removidos de escola católica por
Livros de Harry Potter são excluídos de escola nos EUA - Divulgação/Warner

Publicado em 04/09/2019 às 09:39:46

Por: Thiago Forato

Uma escola católica particular em Nashville, no estado do Tennesse, nos Estados Unidos, removeu os livros de Harry Potter de sua biblioteca, dizendo que eles incluem "maldições e feitiços reais, que quando lidos por um ser humano, correm o risco de conjurar espíritos malignos".

Quem providenciou a exclusão dos livros foi o Reverendo Dan Reehil, segundo o jornal local Tennessean. Ele ensina crianças em idade pré-escolar até a 8ª série, e havia enviado um e-mail aos pais sobre a série de JK Rowling para lhes dizer que ele tinha tido contato com "vários" exorcistas recomendando remover os livros da biblioteca.

"Esses livros apresentam a magia como bem e mal, o que não é verdade, mas de fato é um engano inteligente", escreveu o Reehil. "As maldições e feitiços usados nos livros são maldições e feitiços reais, que quando lidas por um ser humano, correm o risco de conjurar espíritos malignos na presença da pessoa que lê o texto", escreveu.

Maldições e feitiços incluídos nos livros mais vendidos, publicados entre 1997 e 2007, incluem "ava kedavra", a maldição da "morte", "crucio", a maldição da tortura, e "imperio", que permite que as ações dos outros sejam controladas.

Rebecca Hammel, superintendente de escola da diocese católica de Nashville, disse ao Tennessean que Reehil enviou o e-mail depois da consulta de um dos pais. Ela acrescentou que "ele está bem sob sua autoridade para agir dessa maneira". Ela reiterou que cada pastor tem autoridade e autonomia para tomar essas decisões.

A censura dos livros da saga Harry Potter existe desde que eles foram lançados, há 22 anos. Em 1999, era o livro mais censurado nos EUA pelas religiões.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!