Lista NT

Sete filmes sobre política que você não pode deixar de assistir

"O Paciente" traz Othon Bastos como Tancredo Neves - Fotos: Divulgação

Publicado em 19/09/2018 às 13:20:24

Por: Taty Bruzzi

No último dia 13, estreou nos cinemas brasileiros o filme “O Paciente”. Com direção de Sergio Rezende, a produção nacional traz Othon Bastos no papel de Tancredo Neves.

O longa-metragem retrata os últimos dias da vida do primeiro presidente civil brasileiro, escolhido pelo colégio eleitoral do Congresso Nacional depois da ditadura militar.

Na trama, o político se elege, mas uma doença o impede de tomar posse. Depois de passar por cirurgia e permanecer internado por 39 dias, Tancredo Neves vem a falecer no dia 21 de abril de 1985, para desespero do povo.

A seguir, destacamos mais sete filmes que discutem sobre política, retratam passagens importantes da história e/ou nos faz refletir sobre fatos ao nosso redor. Produções que valem à pena assistir não só em ano de eleição.

Confira!

“A Entrevista” (2015)

Na trama, James Franco vive um apresentador de um popular programa de TV. Cansado de entrevistar somente celebridades, ele decide apostar em um jornalismo mais sério. Para isso, conta com a ajuda de produtor (Seth Rogen). Juntos, os dois conseguem marcar uma entrevista com o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-um (Randall Park). Quando a CIA toma conhecimento, convoca os dois para a missão de assassinar o ditador. Tudo se complica a partir do momento em que o jornalista passa a se identificar com os dramas vividos pelo governante.

“Barry” (2016)

Neste filme produzido pela Netflix, o então jovem Barack Obama (Devon Terrel) chega à cidade de Nova York para iniciar seus estudos na Universidade de Columbia, em 1981. Entre conflitos sociais, questões raciais e problemas familiares, Barry, como também era chamado, está em busca do seu lugar no mundo.

“Bastardos Inglórios” (2009)

Vencedor do Oscar de Melhor Filme, o longa com direção de Quentin Tarantino retrata dois planos paralelos para assassinar os líderes políticos da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, quando a França se vê ocupada pelos nazistas. Um arquitetado por Shosanna Dreyfuss (Mélani Laurent), uma adolescente judia que vê sua família ser exterminada pelo coronel Hans Landa (Christoph Waltz), em 1941. O outro armado pelo Primeiro-Tenente Aldo Raine (Brad Pitt), que fica encarregado de reunir um pelotão de homens de origem judaica para matar o maior número de soldados alemães da forma mais cruel possível.

“Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América” (2007)

Na trama, Borat Sagdiyev (Sacha Baron Cohen) é um jornalista do Cazaquistão que vai aos Estados Unidos produzir um documentário. Durante a viagem pelo país, ele conhece pessoas que consideram o seu comportamento primitivo. Vítima de preconceito, Borat é obrigado a conviver com a hipocrisia existente na cultura norte-americana até hoje.

“Ele Está de Volta” (2016)

Neste filme para a TV baseado em livro homônimo, Adolf Hitler (Oliver Masucci) acorda em 2011, estando em um terreno baldio na cidade de Berlim. Sem memória, o ditador não se recorda do que aconteceu depois de 1945. Completamente perdido, ele se depara com uma sociedade diferente em uma Alemanha governada por uma mulher. Para as pessoas à sua volta, ele um artista que não consegue se desgarrar de uma personagem. Em determinado momento, um discurso seu viraliza na internet e aguça a curiosidade da população sobre o nazista. Ao se tornar uma “celebridade”, Hitler ganha um programa de TV e usa o espaço para propagar suas ideias ao mesmo tempo em que tenta convencer a todos que realmente é quem diz ser.

“Olga” (2004)

No início do século XX, em Berlim, Olga Benário (Camila Morgado) é uma alemã de origem judaica. Militante comunista perseguida pela polícia, ela consegue fugir para Moscou, onde recebe treinamento militar. A jovem é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) de volta ao Brasil. Durante a viagem, enquanto planejam a Intentona Comunista de 1935, os dois se apaixonam e se tornam parceiros na vida e na política. Com o fracasso da revolução, Olga é presa junto com Prestes. Grávida de 7 meses, ela é deportada pelo Governo Vargas para a Alemanha nazista. A guerrilheira dá à luz a uma menina, Anita Leocádia, na prisão feminina do campo de Concentração de Ravensbrück, mas tem seu bebê retirado dos seus braços logo em seguida. Condenada à câmara de gás, Olga morreu no dia 23 de abril de 1942.

“O Que é Isso Companheiro” (1997)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, o filme dirigido por Bruno Barreto, e baseado em fatos reais, se passa em 1969. A trama narra a história do sequestro do Embaixador dos Estados Unidos, Charles Burke Elbrick (Alan Arkin), por um grupo de guerrilheiros de esquerda, MR – 8 e Ação Libertadora Nacional, que lutavam contra o regime militar instaurado no Brasil em 1964. De acordo com a história, o jornalista Fernando (Pedro Cardoso) reúne um grupo de militantes e juntos eles planejam o sequestro da autoridade norte-americana e o usam como moeda de troca para libertar companheiros presos pelos militares.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!