Reportar erro
Bilheteria em alta

"Annabelle 2 - A Criação do Mal" tem boa estreia

annabelle2_8dc776f087242676d7a47fa9e71552afb67be597.jpeg
Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 15/08/2017 às 16:05:58

O Brasil está em crise, mas é o cinema norte-americano que vem sofrendo baixa de público nos últimos tempo. Apesar do movimento fraco, no último final de semana um filme se destacou.

Em sua estreia, "Annabelle 2 - A Criação do Mal" faturou US$35 milhões. O bom resultado do filme prova a populariada da franquia de terror "Invocação do Mal", iniciada em 2013.

A produção é a continuação de "Annabelle" (2014), spin-off de "Invocação do Mal". Na trama, Annabelle é uma boneca aparentemente inocente que vai parar na casa de um casal prestes a ter um filho. No entanto, o brinquedo está possuído por uma entidade malígna em busca de uma alma.

Na sequência, um artesão e sua esposa resolvem abrigar em sua casa uma freira e um grupo de crianças por caridade logo após a morte de sua filha. Além da perda traumática, eles precisam lidar com questões do passado.

Produzida há anos pelo artesão, Annabelle está de volta. A boneca é um verdadeiro demônio e não irá sossegar enquanto não conseguir o que deseja. Aqui no Brasil, o filme estreia na proxima quinta-feira (17).

Filme baseado em obra de Stephen King cai três posições em uma semana

O segundo lugar no Top 5 EUA ficou com "Dunkirk", que arrecadou US$10,8 milhões em bilheterias, além de contabilizar mais de US$150 milhões domésticos. Por outro lado, a segunda estreia da semana decepcionou.

O filme "O Que Será de Nozes?" conseguiu um faturamento de apenas US$8,3 milhões, o que o colocou em terceiro lugar na lista. O resultado é considerado o mais fraco dos últimos tempos para um lançamento em mais de quatro mil salas.

Baseado em obra de Stehpen King, "A Torre Negra" estreou na semana passada como líder de bilheteria, mas sofreu uma queda brusca esta semana, ficando na quarta colocação após arrecadar míseros US$7,8 milhões.

Completando o Top 5 EUA, a comédia "Girls Trip" faturou US$6,4 milhões. O resultado é bom tendo em vista que a produção estrelada por Queen Latifah está quase atingindo a marca de US$100 milhões domésticos.

 

TAGS:
Mais Notícias