Reportar erro
Cinema

Emma Thompson faz duras criticas à ditadura da beleza durante entrevista em programa de TV

emmathompson_0241cee9ba8bef7bbf3e7c6128aaa289da2601a8.jpeg
Foto: Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 31/03/2017 às 17:15:59

No ar na versão live-action de “A Bela e a Fera”, Emma Thompson confessou durante participação no programa sueco Skavlan que chegou a brigar com alguns produtores quando estava filmando “Desejo e Poder” (2008).

Segundo a atriz, conhecida por defender os direitos das mulheres, o motivo teria sido a ditadura da magreza imposta pelo mercado cinematográfico em Hollywood, principalmente com mulheres a partir dos 30 anos.

“Atrizes na faixa dos 30 anos simplesmente não comem. Eu trabalhei com uma atriz incrível em ‘Brideshead Revisited - Desejo e Poder (2008)’, e os produtores disseram a ela: 'Você pode perder uns quilos?'", revelou.

Indignada, Thompson saiu em defesa da colega de elenco e, ainda, ameaçou abandonar não só o set de gravação como, também, o trabalho na produção caso eles persistissem com essa postura.

“Eu respondi para eles: 'Se você falar com ela sobre isso de novo, em qualquer circunstância, eu saio do filme. Você nunca deve fazer isso! É perverso o que está acontecendo e está ficando cada vez pior", revelou.

No decorrer do programa, a atriz comentou que a ditadura da beleza nos Estados Unidos é um bom motivo para não morar no país. Emma Thompson, de 57 anos, é britânica e reside em seu país de origem.
"Eu não poderia me mudar para os Estados Unidos. Consegue imaginar? Cada vez que vou para Los Angeles eu penso: 'Sou muito gorda para vir para cá'", concluiu, Thompson.

Mais Notícias