Broadway

Vencedora do Emmy e Oscar, Viola Davis fará peça de Nelson Rodrigues nos EUA

Atriz levará "O Beijo no Asfalto" para os palcos americanos

Vencedora do Emmy e Oscar, Viola Davis fará peça de Nelson Rodrigues nos EUA
Viola Davis anunciou o projeto no Twitter - Foto: Divulgação/ABC

Publicado em 09/08/2019 às 12:51:58

Por: Naian Lucas

Nelson Rodrigues vai se tornar internacional. Um dos maiores dramaturgos brasileiros terá sua obra encenada pela vencedora do Oscar de 2017 e a primeira negra vencedora do Emmy, a atriz Viola Davis. Ela irá adaptar a peça “O Beijo no Asfalto” para exibir nos palcos americanos.

“Estamos muito empolgados com a parceria com a Productions Wise por trazer a peça inovadora do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, 'O Beijo no Asfalto', para a vida”, postou a artista no seu perfil pessoal do Twitter.

JuVee Productions é a produtora da atriz, que tem como sócio Julius Tennon, seu marido. É a empresa que cuidará de toda a organização da peça em parceria com a Wise Entertainmente, que tem como um dos fundadores o neto de Nelson, Mauricio Mota. Foi ele que conseguiu fechar o acordo com Viola para que a história do seu avô ganhasse os palcos da Broadway e Los Angeles.

“O Beijo no Asfalto” surgiu em 1960 e relata a história de Arandir, tornando-se uma das principais obras de Nelson Rodrigues. Ele socorre um homem que está entre a vida e a morte num local lotado do Rio de Janeiro, dando um beijo no homem, último pedido feito pelo rapaz, o que causa um rebuliço em toda cidade.

Sua esposa se torna alvo de chacota e diversos segredos são revelados ao longo da peça, chegando ao seu clímax no último ato. A peça surgiu por conta da insistência de Fernanda Montenegro. Ela ficou oito meses ligando para o dramaturgo escrever uma história para ela interpretar nos palcos brasileiros, tendo como parceiro o seu marido, Fernando Torres.

Recentemente, Murilo Benício adaptou o roteiro e produziu o filme de "O Beijo do Asfalto". Débora Falabella ficou responsável pelo papel interpretado por Fernanda no teatro na década de 1960 e Lázaro Ramos foi o protagonista. O longa-metragem fez sucesso e ganhou diversos prêmios, como a Mostra de Cinema no Brasil.

Num primeiro momento, a história de Nelson ganhará espaço no teatro americano, mas Viola quer levar o enredo para o cinema e televisão.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!