Queda

Afinal, qual operadora oferece os menores preços na TV paga?

Operadoras oferecem diversos pacotes aos assinantes; confira

Afinal, qual operadora oferece os menores preços na TV paga?
Preço nas operadoras: há para todos os bolsos - Foto/Ilustração

Thiago Forato
i

Thiago Forato

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 14 anos e assina a coluna Enfoque NT há oito, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele:

thiagoforato@natelinha.com.br

Twitter: @tforatto

Publicado em 06/06/2019 às 05:16:00

Mergulhado numa retração sem fim, a TV paga vem caindo a cada ano e mês que passam.

Somente em abril, o serviço teve um total de 166 mil cancelamentos. Desses, 57,5% foram da Sky, que perdeu 70,5 mil clientes.

A reclamação para o cancelamento das assinaturas é quase unânime, estando atrelado aos preços altos, empacotamento com pouca possibilidade de ver o que quer e a proliferação de novas mídias, como o streaming.

Mas, afinal, qual a operadora oferece os menores preços? O NaTelinha consultou o site das principais operadoras: Vivo, Claro, Net, Sky e Oi.

Vivo

Com quatro pacotes disponíveis, a Vivo deixa bem claro em seu site o número de canais em alta definição.

Em seu pacote mais básico, são 31 pelo preço de R$ 84,90. Nele, há 13 canais abertos e outros seis públicos como TV Câmara, TV Justiça e TV Senado.

Há ainda dois mais intermediários pelos preços de R$ 99,90 e R$ 109,90 e um que contém os canais chamados premium, como Telecine, HBO e Premiere, pela bagatela de R$ 184,90.

Os preços são promocionais e válidos pelos primeiros 12 meses. A Vivo não informa o valor a partir do 13º mês.

Claro

A Claro oferece oito tipos de empacotamento, inclusive com canais somente em SD (standard definition). O Light Digital, por exemplo, possui 100 canais e é ofertado pelo valor de R$ 79,90.

A versão HD desse pacote é comercializada por R$ 69,90 nos primeiros dois meses e a partir do terceiro, sobe para R$ 99,90. São 130 canais e 23 em HD.

Uma dificuldade encontrada pelo site da operadora, aliás, é a informação clara de quantos canais em SD e HD cada pacote tem. Para saber o número dos em alta definição, é necessário avançar na etapa de assinatura online e contar você mesmo os ofertados em HD.

O pacote mais caro da Claro sai por R$ 199,90 pelos primeiros dois meses e R$ 229,90 a partir do terceiro, com um decoder que vem com recurso de gravação e conta com 245 canais, sendo 28 em alta definição.

Net

Líder de mercado, a Net reduziu bastante as opções de pacotes nos últimos anos e atualmente oferece apenas três.

O primeiro é o Fácil HD, comercializado por R$ 79,99 mensais e conta com 107 canais, sendo 10 em HD.

O intermediário dobra o número de canais ofertados e sextuplica os de alta definição: 214 canais, sendo 64 em HD. O preço é de R$ 109,99.

Já o pacote mais completo é intitulado de Top 4K e contempla um gravador virtual e a função replay TV, além da opção de assinar a Netflix pelo serviço Now.

A Net oferta seu pacote mais top por R$ 149,99. Canais premium como HBO, Telecine e Premiere não estão inclusos.

Sky

Tida como uma das mais caras, a Sky é quem oferece o maior número de pacotes: 11, sendo dois em SD e nove em HD.

O número de canais consta bem claro, exceto os em HD, onde o consumidor tem que clicar no pacote para saber. No pacote mais básico, o Smart SD, o valor cobrado é de R$ 34,95 no primeiro mês e R$ 69,90 a partir do segundo.

O Smart HD, pacote mais básico em alta definição, sai por R$ 39,95 no primeiro mês e R$ 79,90 no segundo. A Rede Telecine é oferecida por três meses grátis.

A categoria Master são os chamados intermediários. Há um comercializado em SD, com 169 canais, e dois em HD, com 175.

O que diferencia os dois em HD são os equipamentos da Sky. O Master I conta com um decoder, e o II, com dois. O primeiro sai por R$ 54,95 e R$ 109,90 a partir do segundo mês, enquanto o Master II é ofertado por R$ 69,95, sendo R$ 139,90 o valor cobrado a partir do segundo.

Por fim, os mais "tops". São quatro pacotes avançados e um intitulado de Media Center, com quatro equipamentos de alta definição e gravação inclusa.

O pacote mais robusto sai por R$ 178,95, sendo R$ 357,90 a partir do segundo, e conta com a Rede Telecine, HBO, e Premiere.

Oi

A Oi, a única operadora das grandes que volta e meia consegue angariar novos assinantes nos últimos meses, oferece somente três pacotes, e coloca claramente em seu site o número deles em SD e HD.

O mais básico possui 126 canais e conta com 27 em HD. Seu preço é de R$ 64,90 sem o combo de internet e telefone, mais o preço de aquisição do receptor/antena, que não está informado para consulta.

O intermediário possui 164 canais e 57 em HD e é comercializado por R$ 84,90 mais o preço de aquisição e antena. Já seu pacote mais completo sai por R$ 104,90, com 186 canais, 64 em HD.

Qual a operadora mais barata?

Depende. Com diversos tipos de pacote e preços, ser o mais barato, portanto, é relativo e depende do quanto você está disposto a pagar e a desfrutar.

Há preços acessíveis em todas as operadoras, mas nem sempre há canais verdadeiramente atrativos.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!