Festa da diversidade

Saiba quem foi a artista mais citada na web durante a Parada LGBTQIAP+

Parada LGBTQIAP+ aconteceu neste domingo (19), e Ludmilla foi a mais citada da lista


Público da Parada LGBTQIAP+
Público da Parada LGBTQIAP+ neste domingo (19)- Foto: Reprodução/Agência Brasil
Por Daniele Amorim

Publicado em 20/06/2022 às 23:02:00,
atualizado em 20/06/2022 às 23:02:16

Ludmilla foi a artista mais citada no Twitter durante a Parada LGBTQIAP+. O evento aconteceu neste domingo (19) em São Paulo e reuniu mais de quatro milhões de pessoas na região central da cidade. Durante a celebração da diversidade, diversos artistas se apresentaram, e a dona do hit Rainha da Favela foi uma delas. A cantora foi citada em 7,70% das menções sobre o tema.

De acordo com levantamento realizado pela Knewin, houveram mais de 39 mil menções entre os usuários do Twitter sobre a Parada LGBTQIAP+. 

Depois de Ludmilla, Pabllo Vittar foi a segunda artista mais citada com 7,60% das menções na plataforma digital. A drag queen também esteve na celebração e chegou a ser atingida na cabeça por um objeto enquanto cantava em um dos trios elétricos. 

imagem-texto

Confira a lista completa

Pela primeira vez na parada, Luísa Sonza foi a terceira artista (2,41%) mais citada. Na festa, inclusive, a gaúcha fez questão de ressaltar que é bissexual. "Estou feliz pra cara***, pra cara***, porque é o primeiro ano que eu estou aqui e a galera sabe que pego umas minas também", disse, antes de começar a cantar. 

Em seguida, Pocah (1,11%) e Liniker (1,06%) apareceram na lista. A ex-BBB 21, que tem um grande público LGBTQIAP+, ficou bastante incomodada após ter seu show interrompido pela Polícia Militar. 

A funkeira, que deveria ter começado a cantar por volta das 16h, só conseguiu iniciar seu show às 17h20, mas precisou encerrar às 18h. "Resolvi escrever porque estou nervosa. Vamos lá! Eu saí do Rio de madrugada. Vim para São Paulo para cantar na parada. Estava pronta meio-dia, cheguei no trio e estava tudo atrasado. Até aí, ok. Eu estava animada para cantar, então nem estava preocupada. Meu horário era às 15h55, entrei 17h20. Cantei três músicas e a polícia pediu para encerrar a parada antes do horário previsto. Eu apenas exijo respeito com meu trabalho, minha equipe e meus fãs", postou ela, nas redes sociais. 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos