Reportar
erro
Horrorizada

Karina Bacchi revela que festa de diretor da Globo era regada a drogas e sexo

“Me sentia um peixe fora d’água”, disse a atriz em podcast


Karina Bacchi posa para foto no Instagram
Para Karina Bacchi, emissoras mexem com "instinto carnal do ser humano para atrair as pessoas para assistirem às novelas" - Foto: Reprodução/Instagram
Por Redação NT

Publicado em 19/03/2022 às 14:45:00,
atualizado em 19/03/2022 às 14:55:12

Karina Bacchi fez revelações polêmicas sobre os bastidores da Globo em entrevista ao podcast YahPodCast. Agora evangélica e aos 45 anos, a ex-atriz afirmou que foi a uma festa promovida por um diretor de novelas da emissora e ficou chocada com o consumo de drogas. Sexo em grupo também era algo comum, segundo a apresentadora.

“As poucas festas a que eu fui me sentia um peixe fora d’água. Eu não tinha isso de balada, de sair, de ter aquele período de festinha”, iniciou Karina Bacchi. “Eu não me sentia à vontade naquilo, porque eu já tinha uma essência comigo que não combinava. Às vezes, de acordo com o ambiente, com as influências externas elas vão enxergando menos esses valores.”

“Festas de ir no banheiro rapidinho e quando abrir a porta errada dar de cara com uma mesa com droga, cocaína. Um com outro, com três, com quatro… Uma festa em casa, de diretor de novela. Chegava lá, via essas coisas. Atores que estão na novela, e tudo aquilo foi me tirando prazer de atuar.”

A apresentadora também lamentou o conteúdo sexual das novelas atualmente. “Existe essa exploração do corpo da mulher, hoje em dia do homem também, que mexe com o instinto carnal do ser humano para atrair as pessoas para assistirem às novelas. Quando eu me vi um objeto sendo usado dessa forma, aquilo fez com que eu não quisesse mais atuar.”

Karina Bacchi decidiu largar novelas com medo do adultério em cenas de beijo

Karina Bacchi revela que festa de diretor da Globo era regada a drogas e sexo
Karina Bacchi como Tina na novela Da Cor do Pecado (2004) - Foto: Reprodução/TV Globo

Em dezembro, Karina Bacchi definiu algumas cenas de atuação como “adultério”, o que justificou, em parte, sua decisão de largar a carreira de atriz. Após se tornar evangélica, ela tem se posicionado constantemente sobre vários assuntos nas redes sociais e no podcast Positivamente, apresentado por ela no YouTube.

Casada com o ex-jogador de futebol Amaury Nunes, Karina disse em conversa recente com o pastor Rodrigo Silva sobre abandar as novelas. “Na Bíblia, a gente vê que Deus não se agrada do adultério. Uma atriz casada que vai interpretar uma cena na qual ela vai ter que beijar, abraçar... Aquilo não é considerado adultério? Acho que estaria sendo contra o que a Bíblia diz. Isso é algo que me conflitou demais”, confessou.

“Eu deixei a minha carreira por conta não só da Bíblia, mas também porque eu não me sentia à vontade em estar atuando, mesmo sabendo que aquilo não era eu, era um personagem. Eu deixei de atuar por opção, por escolha, por causa disso.”

NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias
Outros Famosos