Exclusivo

Gravando Reis, Giselle Tigre relembra acidente na época de Gênesis: "Me arrebentei"

Artista roda cenas da nova novela da Record no Sul do Brasil


Giselle Tigre posada vestindo roupa azul e vermelho
Gravando Reis, Giselle Tigre relembra susto na época de Gênesis - Foto: Divulgação/ Paula Maestrali
Por Thomaz Rocha

Publicado em 06/12/2021 às 07:25:00,
atualizado em 06/12/2021 às 19:43:18

Em breve, Giselle Tigre vai voltar à telinha com uma nova personagem. É que a atriz está gravando a novela Reis, nova produção da Record, que vai contar mais uma parte da bíblia. Com estreia prevista para acontecer ainda no primeiro semestre de 2022, a trama começou a ser gravada no sul do Brasil, onde Giselle desembarcou em novembro, para ajudar a criar o universo de seu personagem misterioso e rodar suas cenas iniciais.

O convite para Reis surgiu na vida da artista logo depois que ela interpretou Raquel, em uma participação especial, na última fase de Gênesis, folhetim que deu muitas alegrias para a Record, por conta da audiência, e experiência para Giselle, que levou um susto na época da novela.

Em entrevista exclusiva para o NaTelinha, a atriz veterana relembra Gênesis, detalha como será sua personagem em Reis e relata como encara a chegada dos 50 anos.

Em breve: Reis

Ja gravando Reis a todo vapor, Giselle mergulhou em seu personagem há dois meses, através de leituras de texto e reuniões com equipe, incuindo Rosana Garcia, a preparadora de elenco da trama, da qual ficou muito amiga. Em novembro, a atriz partiu para Guarapuava, no interior do Paraná, onde rodou suas primeiras cenas com a personagem.

"Gravamos em campos de trigo. A luz de lá é incrível, pôr do sol multicolorido e um céu de um azul intenso. Gravamos cenas lindas neste cenário natural, riqueza de nosso Brasil. Durante as gravações no Paraná esperamos muito a hora de gravar. Aproveitei para meditar, contemplar a natureza e estar pronta para quando fosse chamada"

Giselle Tigre

Animada com sua novo trabalho Giselle quase não está usando maquiagem ao entrar em cena por causa da personagem, uma israelita lutadora e que passará por momentos difíceis. "Ela é israelita, viúva. Uma mulher prestativa, amorosa e justa. Irá lutar pelo que é certo, mesmo arriscando seu pescoço. A mulher sem marido naquela época era alvo fácil de injúrias e iremos retratar uma época de grandes conflitos e disputas. Ela viverá momentos muito turbulentos", afirma.

"Vamos prezar pelo naturalismo. Basicamente não usamos maquiagem. É mais uma mistura de hidratante, protetor solar e uma base fina. Mais nada. Escureci os cabelos em um tom e o usarei liso. Meu cabelo está enorme, perfeito para compor. O figurino irá surpreender. Mais que isso, não posso falar"

Giselle Tigre

Acidente na época de Gênesis

Reis não será a primeira trama bíblica de Giselle. A atriz já fez participação especial em Jesus, em 2018, e, mais recentemente, em Gênesis, interpretando Raquel, a segunda mulher de Jacó (Petrônio Gontijo). Inclusive a artista passou por um baita susto pouco antes de iniciar as gravações do folhetim. "Caí de bicicleta três dias antes de gravar. Arrebentei os joelhos e o cotovelo. A sorte foi que a roupa cobria tudo. Sorte que o rosto ficou intacto", revelou Giselle, que contou outro momento de atenção que passou em mais de 30 anos de carreira.

"Lembro também de situações inusitadas quando fiz um circuito por 20 cidades do Nordeste em 2013 com um espetáculo. Testou a capacidade da equipe de se adaptar a diversas situações. Troquei de roupa em camarins improvisados, fiz da rua um palco em cidades sem estrutura de teatro e até interior de Igreja virou coxia. Foi a experiência mais maravilhosa da minha vida. Muitas vezes passar por situações desafiadoras com calma e naturalidade nos engrandece".

Giselle Tigre

Aos 49 anos e dona de uma beleza que sempre a seguiu, Giselle não tem medo do envelhecimento e nem das rugas que possa aparecer em seu rosto. Ela encara a chegada dos 50 com alegria. "Chegar aos 50 não é diferente de chegar aos 20, aos 30, é uma etapa nova da vida cheia de possibilidades. Mas eu diria que estar a caminho de completar meio século é um privilégio e uma honra. Estou pronta pra esse momento", destaca.

"A maturidade traz novas compreensões sobre tudo e estou vivendo o desapego da imagem da juventude que carregava e dando lugar a uma nova imagem de mim, com rugas que contam minha história. Elas são verdadeiramente minhas e as amo. Não fico presa de forma alguma ao que foi. O melhor da história, da minha história, é agora".

Giselle Tigre
Logo Melhores do Ano 2021
Vote nos Melhores do Ano NaTelinha 2021

Está no ar uma das premiações mais tradicionais e respeitadas do meio, em sua 12ª edição. Confira as 20 categorias e eleja os melhores agora mesmo!

VOTE
Mais Notícias
Outros Famosos