Reportar erro
Não gostou

Leda Nagle desabafa após remover vídeos no YouTube que defendem "kit Covid"

Jornalista afirmou que seguiu pedido da plataforma

Leda Nagle
Leda Nagle - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/05/2021 às 17:11:14,
atualizado em 13/05/2021 às 17:19:04

Leda Nagle removeu todos os vídeos do seu canal no YouTube que promoviam qualquer tipo de defesa ao "kit Covid". A jornalista desabafou sobre o assunto, afirmando que foi um pedido da plataforma e que disponibilizará tudo em seu site oficial em breve.

"O YouTube me 'pediu' para apagar as lives que falassem de tratamento precoce, prevenção, hidroxicloroquina e ivermectina", disse Leda à Folha de S.Paulo, completando como um desabafo: "O YouTube me procurou e recomendou que eu seguisse as novas diretrizes da plataforma. Na verdade estou sendo muito injustiçada com estas reportagens e observações tentando me associar à CPI da Covid etc".

Ao total, foram 60 vídeos deletados do canal que já soma mais de 1 milhão de inscritos. Entre os conteúdos está a entrevista com o toxicologista Anthony Wong, morto no início deste ano, a oncologista Nise Yamaguchi e a médica Lucy Kerr, todos nomes conhecidos e ovacionados pelos defensores do governo de Jair Bolsonaro, que defenderam o uso de remédios sem eficácia comprovada contra a doença.

Leda Nagle critica YouTube após deletar vídeos

Por meio de um vídeo, a jornalista afirmou que jamais apagaria uma entrevista com algum convidado, seja lá quem for, mesmo que o assunto abordado seja polêmico. Ela ainda citou a ditadura e se mostrou incomodada com a recomendação feita pela plataforma do Google.

"Eu sou jornalista faz tempo. 48 anos. Passei pela ditadura. Nunca tive que tirar do ar nenhuma entrevista que fiz. Me senti péssima, achei atitude muito desrespeitosa para comigo e para com meus entrevistados, todos eles muito qualificados. Sou a favor do jornalismo plural, que admite ouvir o contraditório", pontuou.

Recentemente, Leda se pronunciou pedindo desculpas após propagar um conteúdo falso envolvendo o ex-presidente Lula, afirmando que teria um plano para matar Jair Bolsonaro.



Mais Notícias
Outros Famosos