Reportar erro
Exclusivo

The Voice +: Mumuzinho relembra internação por Covid-19: "Fiquei com medo"

Cantor falou do sentimento de ser jurado do reality show da Globo

Mumuzinho na cadeira do The Voice +
Mumuzinho no The Voice + - Foto: Reprodução/Globo
Naian Lucas

Publicado em 24/01/2021 às 08:00:00

A música sempre esteve na vida do Mumuzinho e, mesmo sem poder fazer shows durante a pandemia do novo coronavírus, o artista usou a sacada do seu apartamento, no Rio de Janeiro, e cantou para os seus vizinhos. Contudo, em junho, ele foi diagnosticado com a Covid-19, passando por momentos complicados, tendo medo de morrer. Meses depois, o pagodeiro está recuperado e é um dos técnicos do The Voice +, que estreou no dia 17 de janeiro na Globo.

“No momento em que fui internado, fiquei sim com medo, mas tinha fé em Deus que iria me recuperar bem do Covid. Ser diagnosticado com esse vírus traz muito receito a todos, porque a gente nunca sabe como vai reagir ao vírus. Quais sintomas teremos. Essa incerteza de diagnostico dá medo em todos”, afirma Mumuzinho em entrevista exclusiva ao NaTelinha.

Sucesso em todo país, Mumuzinho já faz parte do grupo de cantores bem sucedidos. Porém, ele reconhece que há muitos companheiros que estão passando por dificuldades e precisam de um olhar especial para as famílias de artistas. Só que o músico clama por responsabilidade e segurança.

“Esse é o momento de olharmos um para o outro, e entender que precisamos ter ainda mais responsabilidade e segurança nos locais. O entretenimento precisa ser visto com atenção. São muitas famílias que estão sem trabalhar há praticamente um ano e a música é vida, alegria”, opina.

O pagodeiro é um dos nomes mais queridos do meio artístico e toda essa alegria ganhou o coração dos brasileiros com sua participação no Esquenta, antigo programa comandado por Regina Casé nos domingos da Globo. Apesar do país estar enfrentando uma grande crise econômica e sanitária, Mumuzinho tem certeza que a atração faria sucesso se fosse exibida na TV atualmente.

“O Esquenta era a cara do povo, era uma verdadeira festa, repleto de alegria, história e música. Eu aprendi muito no palco do Esquenta e com a minha madrinha Regina Casé. Ali foi uma verdadeira escola e abriu portas para muitas pessoas”, elogia.

Mumuzinho no The Voice +

The Voice +: Mumuzinho relembra internação por Covid-19: \"Fiquei com medo\"

Desde a estreia do formato do The Voice na Globo, a direção da emissora fez questão de dar representatividade a produção, escolhendo músicos de diferentes estilos. Porém, Mumuzinho é o primeiro pagodeiro a fazer parte da bancada de júri do programa e ele se sente feliz de carregar essa possibilidade.

“Me sinto grato e honrado com essa oportunidade. O Samba é a paixão brasileira e ser o primeiro representante no The Voice, me deixa muito feliz, principalmente em poder olhar para trás, ver minha trajetória e tudo que caminhei e superei para chegar até aqui”, afirma.

Mesmo tendo apenas 37 anos, ele terá que lidar com calouros acima dos 60 anos, sendo que alguns já fizeram sucesso nas rádios brasileiras e carregam uma grande bagagem. O pagodeiro pretende usar os ensinamentos que aprendeu com artistas consagrados para aconselhar os integrantes do seu time.

“Estar no The Voice + é um grande presente na minha vida e, também, um aprendizado diário já que estamos diante de tantos pessoas talentosas e experientes”, explica. “O The Voice além de democrático, é inclusivo. Tem espaço para todos no nosso palco, assim como deve ser nos palcos da vida. De Kids a Voice +”, conclui.

Confira a chamada de The Voice +:



Mais Notícias
Outros Famosos