Deu ruim

Júlio Cocielo vira réu na Justiça após denúncia por racismo

Youtuber foi citado pelo Ministério Público

Júlio Cocielo vira réu na Justiça após denúncia por racismo
Júlio Cocielo - Foto: Reprodução

Publicado em 15/09/2020 às 16:59:02

Por: Redação NT

Na última segunda-feira (14), o youtuber Júlio Cocielo foi citado como réu pelo Ministério Público após ser denunciado por racismo, devido a mensagens publicadas por ele nas redes sociais. A decisão sobre esse inquérito de injúria foi tomado pela juíza de Direito Dra. Cecilia Pinheiro da Fonseca, da 3ª Vara Criminal de São Paulo. Já a denúncia foi apresentada pela promotora Cristiana Steiner.

Segundo informações do G1, o documento afirmou que "Cocielo praticou e incitou a discriminação e preconceito de cor por meio de comentários publicados em seu perfil no Twitter".

Ela ainda diz que os comentários "reforçam os estereótipos contra os negros numa mídia de largo alcance, sua atividade profissional e sua fonte de renda, contribuindo de modo eficaz para a incitação e proliferação do racismo e de todas as suas consequências psíquicas, sociais, culturais, econômicas e políticas".

Polêmica de Júlio Cocielo e racismo

Em 2018, durante a Copa do Mundo da Rússia, o influencer teve o seu nome envolvido numa polêmica após fazer uma publicação sobre o jogador da seleção francesa Kylian Mbappé, que é negro.

Após a grande repercussão do caso, internautas começaram a resgatar falas antigas de Cocielo, feitas entre 2011 e 2018, com teor racista. Com isso, ele acabou perdendo vários contratos, pois as marcas que não queriam atrelar a sua imagem ao que aconteceu.

Na ocasião, o youtuber chegou a assumir que errou e pediu desculpas.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!