Polêmica

Hebe era agredida pelo marido? Filho se revolta com afirmação e mostra o outro lado

Marcello Camargo discordou de cenas e mostrou o seu lado da história

Hebe era agredida pelo marido? Filho se revolta com afirmação e mostra o outro lado
Marcello Camargo está contestando cena do filme da sua mãe, a apresentadora Hebe Camargo - Foto: Montagem

Publicado em 14/08/2020 às 15:59:01

Por: Redação NT

Único filho da apresentadora Hebe Camargo (1929-2012), Marcello Camargo está revoltado com as afirmações feitas no filme sobre a vida da artista e que agora está indo ao ar em formato de série pela Globo. Em uma das cenas, Hebe aparece sendo agredido pelo marido, Lélio Ravagnani na época.

Para o Balanço Geral SP, Marcello rebateu o que é exibido no filme e mostrou o outro lado da história. "O que passa no filme, o Lélio era ciumento mesmo, isso realmente é indiscutível. Mas ele era extremamente fã da Hebe Camargo artista. Entendeu?", falou ele, em áudio, sobre a relação da mãe com o padrasto.

"Ele nunca 'podou' a carreira dela. Pelo contrário, sempre incentivou", acrescentou Marcello, que também justificou o motivo das brigas entre o casal na época. "Fala aí, né, que ela fazia juras de amor para o Lélio como se fosse um conto de fadas e não era nada daquilo. Ela fazia juras de amor porque ela amava ele", contou.

Marcello ainda explicou: "Eles ficaram 27 anos juntos! Agora, me diz qual relacionamento é um conto de fadas? Ainda mais de 27 anos, né?". "É claro que tem brigas, tem altos e baixos, tem separações, tem voltas, entendeu?", seguiu falando ele. 

"Mas você não fica 27 anos com uma pessoa se você não tem amor, né? Ainda mais ela, que não precisava de nada [dele]", encerrou o filho de Hebe, demonstrando insatisfação e desmentindo as cenas de agressão do filme.

Roteirista do filme se pronunciou

Carolina Kotscho, roteirista do filme, também falou sobre o relacionamento de Hebe com o empresário Lélio e explicou mais sobre a relação conturbada do ex-casal.

"Durante muito tempo, eu, como todos os brasileiros, ouvia falar da Hebe e do Lélio (marido dela). Pareciam ter o casamento mais perfeito do mundo. Foi um choque descobrir que o relacionamento era abusivo, que ele era violento. O Brasil é campeão de feminicídio. Isso, a censura e a liberdade de expressão... É um filme muito atual", disse.






Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!