Polêmica

Baixista da banda Maroon 5 é preso após acusação de violência doméstica

A identidade da mulher que acusou não foi revelada

Baixista da banda Maroon 5 é preso após acusação de violência doméstica
Maroon 5 e Mickey Madden - Foto: Montagem/Reprodução

Publicado em 30/06/2020 às 18:19:04

Por: Redação NT

O baixista da banda Maroon 5Mickey Madden, foi preso em Los Angeles com a acusação de ter cometido violência doméstica. A informação foi confirmada pela delegacia de polícia da cidade confirmou ao portal Page Six.

O músico foi penalizado pelo código penal 273.5(a) da Califórnia, que é usado para rastrear queixas a qualquer pessoa que infligir intencionalmente um ferimento para um cônjuge ou pessoa com quem mora junto.

O membro da banda famosa reside em Los Angeles, e não é casado oficialmente. Até o momento, a identidade da suposta vítima tem sido mantida em sigilo

Baixista da banda Maroon 5 é solto

A prisão do baixista não teve uma grande duração. Ele foi solto após pagar uma fiança de 50 mil dólares. Um representante do Maroon 5 fez uma declaração para o site Page Six, mostrando que existe um sentimento de decepção em torno disso.

"Nós estamos profundamente devastados com essa notícia decepcionante. Conforme ficamos sabendo mais, estamos olhando para a questão com muita seriedade. Por ora, estamos permitindo que os indivíduos envolvidos tenham espaço para resolver as coisas", disse.

Baixista já foi preso anteriormente

Essa não foi a primeira passagem de Mickey Madden na prisão. Em 2016, ele foi detido por posse de cocaína, que não chegou a ter muita repercussão.

Na ocasião, ele aceitou um acordo que lhe foi oferecido para que a queixa fosse destituída, e com isso, trocou por um dia de serviço comunitário.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!