Polêmicas

Discreta, Ivete Sangalo já se envolveu em polêmicas com Lula e Aguinaldo Silva

Cantora de axé tenta não se envolver em confusão, mas nem sempre pode evitar

Discreta, Ivete Sangalo já se envolveu em polêmicas com Lula e Aguinaldo Silva
Ivete Sangalo não se envolve em confusão, mas as polêmicas chegam a ela - Foto: Montagem

Publicado em 24/06/2020 às 06:23:00

Por: Daniel César

Ivete Sangalo é considerada no meio artístico como um modelo de discrição. A artista raramente aparece em alguma polêmica envolvendo seu nome em questões de vida pessoal ou mesmo em política, a tal ponto de ter sido duramente criticada por não ter aderido ao "Ele Não" durante as eleições de 2018. Mas a cantora baiana já se envolveu em algumas polêmicas ao longo da carreira, que vão de treta com Aguinaldo Silva a polêmica com Lula.

Se no último domingo (21) a cantora de axé comentou no Faustão que não costuma dar voz às fofocas envolvendo seu nome, numa espécie de indireta para Anitta e Ludmilla que a colocaram no epicentro de uma briga, Ivete já se envolveu em algumas polêmicas importantes ao longo da carreira de 25 anos.

Confira as polêmicas de Ivete Sangalo

Ivete Sangalo no Cansei

Em 2008, após as denúncias de corrupção envolvendo o governo do PT, como o Mensalão, um grupo de artistas e empresários, liderados por Hebe Camargo e João Dória, lançou uma campanha intitulada Cansei. A elite paulistana e carioca tentou protestar contra a corrupção sistêmica do país e chegou a ensaiar um "Fora Lula" em algumas manifestações.

Embora não tenha discursado ou feito declarações polêmica à época, Ivete Sangalo fez questão de participar das manifestações e dos protestos, chegando a andar de mãos dadas com Hebe e com o atual governador de São Paulo de braços dados, em sinal de protesto.

Ivete Sangalo em treta com Aguinaldo Silva

Quando decidiu abraçar a carreira de atriz e aceitar o desafio oferecido por Walcyr Carrasco Ivete se envolveu numa treta com Aguinaldo Silva. O papel de Maria Machadão no remake de Gabriela em 2012 não agradou o autor da Globo que criticou o desempenho da cantora. "Ainda sobre Ivete Sangalo em Gabriela: como cada macaco deve ficar no seu galho, espero que Juliana Paes não resolva cantoricar", disse o novelista.

Com a mesma discrição de sempre, Ivete foi questionada sobre o assunto e rebateu com uma pequena indireta ao autor de Fina Estampa. "Eu não li tantas coisas. De verdade, eu não li tantas críticas. Só uma coisa que saiu de... como é o nome dele? Aguinaldo Silva (risos). Ele é um talento, ele tem paixão pela primeira Machadão, eu compreendi ele. Tomei a crítica do Aguinaldo como um elogio, um desejo de boa sorte e até aprendizado", retrucou ela à epoca.

Ivete Sangalo defende Dilma

No auge da crise política vivida no início do segundo mandato de Dilma Rousseff, a partir de 2014, Ivete Sangalo saiu em defesa da presidenta petista. Durante um show, a cantora baiana percebeu que parte de seu público estava xingando a governante do país, mas ela não gostou nada de ver uma manifestação política dentro do recinto com sua apresentação.

"Aqui não", retrucou Ivete tentando pedir para o público não ofender Dilma como vinha fazendo em diversos eventos, como a Copa do Mundo, ocorrida no Brasil. Foi uma das poucas vezes que a cantora saiu em defesa da presidenta.

Ivete Sangalo briga com Xuxa

Desde que nasceu na carreira, no final dos anos 90, Ivete Sangalo logo se aproximou de ninguém menos que Xuxa Meneghel. As duas se transforaram em unha e carne e melhores amigas, uma das maiores do meio artístico. Mas tudo se rompeu quando a cantora anunciou a gravidez e a amiga apresentadora tentou fazer uma brincadeira.

"Eu fiz uma surpresa especial para a Ivete, mas ela não entendeu e não gostou muito. Ficamos alguns meses sem nos falar e eu fiquei distante dela e das crianças. Mas depois nos encontramos, Veveta olhou no fundo dos meus olhos e pediu desculpas. Naquela hora me desarmei e dei um abraço em minha amiga", comentou Xuxa em entrevista para a Veja.

Ivete Sangalo deixa público xingar Bolsonaro

Se a cantora saiu em defesa de Dilma Rousseff durante um show, o mesmo não aconteceu quando a vítima do público foi o presidente Jair Bolsonaro. Isso aconteceu em 2019, quando Bolsonaro começou a entrar em crise de aprovação de seu governo junto à população.

Em determinado momento do show, a plateia decidiu se manifestar. "Ei, Bolsonaro. Vai tomar no...", gritava freneticamente o público de Ivete, que foi flagrada sorrindo no microfone e concordando. "Que coisa linda", afirmou a artista incentivando as pessoas a continuarem com os gritos.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!