Declaração

Ticiane Pinheiro deseja ser mãe de menino e relembra aborto espontâneo: "Perdi"

Apresentadora foi entrevistada por Thaís Fersoza

 Ticiane Pinheiro deseja ser mãe de menino e relembra aborto espontâneo: "Perdi"
Ticiane Pinheiro ao lado da família - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 19/06 às 12:42:00

Ticiane Pinheiro conversou com Thaís Fersoza no canal do YouTube da atriz e abriu o jogo sobre maternidade. Na última quinta-feira (18), a apresentadora também relembrou o momento em que sofreu um aborto espontâneo antes de engravidar da sua primeira filha com César Tralli.

continua depois da publicidade

“Quando eu voltei da lua de mel, depois de uns três meses, o César falou, vamos tentar. A gente acabou até engravidando, mas foi assim, eu engravidei e perdi, assim, na mesma semana. Depois de três meses, eu engravidei [da Manu]!”, contou Tici.

A contratada da Record é mãe de Manuella, de 11 meses, e também de Rafaella Justus, de 10, fruto do seu relacionamento com Roberto Justus. Ela relatou que a experiência da sua primeira gestação a animou para que tivesse uma segunda criança em casa.

continua depois da publicidade

“Não estou tentando, mas não estou evitando. Eu não estou assim, tipo a louca: ‘ai, hoje eu estou ovulando e vamos lá!’. Eu queria mais um filho para um brincar com o outro porque a Rafa sempre dependeu de amiga. Ela sempre falava: ‘mãe, posso chamar alguém?’. Ou, se íamos viajar: ‘posso levar alguém?’. E eu queria que a Manu tivesse um irmãozinho, uma irmãzinha perto”, relatou.

continua depois da publicidade

Ticiane Pinheiro quer um menino

Ticiane Pinheiro garantiu que não fechou a “fábrica”. A atriz já conversou com César Tralli e admitiu que sonha em ter mais uma criança na família, mas desta vez um menino para ter essa experiência.

“Eu gostaria de viver essa maternidade de um menino para saber como que é, apesar que meninas brincam muito junto e eu sou muito próxima das minhas irmãs”, explicou a apresentadora.

Confira a entrevista abaixo:

continua depois da publicidade