De saída

Camila Pitanga não renova contrato com a Globo e deixa emissora após 27 anos

Atriz trabalhará apenas por obra certa

Camila Pitanga não renova contrato com a Globo e deixa emissora após 27 anos
Camila Pitanga - Foto: Reprodução

Publicado em 19/06/2020 às 08:43:00

Por: Redação NT

Camila Pitanga não renovou seu contrato com a Globo e agora trabalhará para emissora em acordo por obra. Ela é mais uma das artistas que entrou no novo modelo de trabalho da empresa, que tem dispensado muitos dos seus profissionais para unificar todos os canais do Grupo Globo.

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira (19) pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Camila também deixará a apresentação da próxima temporada do Superbonita, programa exibido na GNT. Para substituí-la, o canal pago negocia com Taís Araújo.

Pitanga estreou na Globo em 1993, na minissérie Sex Appel. De lá para cá, esteve em mais de 30 produções da emissora, sendo protagonista em Cama de Gato (2009), Babilônia (2015) e Velho Chico (2015), além de ter feito sucesso como as antagonistas Esmeralda, de Porto dos Milagres (2001), e Bebel, de Paraíso Tropical (2007).

Atualmente, a atriz pode ser vista na Globo na série Aruanas, em que interpreta a inescrupulosa advogada Olga. A produção marcou o retorno dela na televisão após dois anos afastada por conta da morte de Domingos Montagner. Na ocasião, ela nadava junto com seu colega, quando uma forte correnteza o arrastou.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo negou que Camila tenha saído da Globo: "Como sabem, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos, mas Camila Pitanga segue nossa contratada. Neste momento, a atriz aguarda a retomada das gravações de Aruanas 2, interrompidas pela pandemia".

Globo e os contratos por obra

Nos últimos meses, a Globo dispensou nomes importantes da televisão, como Aguinaldo Silva, Miguel Falabella, Bruno Gagliasso, Bruna Marquezine, Vera Fischer, Fernando Rocha, José de Abreu, Stênio Garcia, Angélica, Zeca Camargo e Regina Duarte.

Entretanto, o canal tem ressaltado que os nomes desses profissionais não estão impedidos de retornarem para realizarem trabalhos na empresa, contudo, seus vínculos serão por obra. O objetivo do Grupo Globo é ter um casting menor para poder ter um intercâmbio de profissionais entre a TV aberta, os seus canais pagos e o Globoplay.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!