Esclarecimento

Felipe Araújo se defende de acusações de ex: "Jamais pedi pro juiz diminuir a pensão"

Sertanejo se pronunciou após ser acusado pela mãe do seu filho


Felipe Araújo
Felipe Araújo com seu filho - Foto: Reprodução

Felipe Araújo usou sua conta do Instagram na noite da última terça-feira (16) para se defender das acusações feitas pela sua ex, Caroline Marchezi, que declarou recentemente que o sertanejo não a apoiou durante sua gestação e ainda teria pedido que a Justiça diminuísse o valor pago na pensão do filho de casal, que tem um ano.

“É um assunto muito desconfortável, do qual eu não gostaria de estar falando. Demorei um pouco pra falar, porque tenho muita responsabilidade e preocupação da exposição que está sendo feita com a vida do meu filho, do direito livre dele de livre arbítrio, que está sendo violado”, iniciou o cantor. “Nunca, jamais pedi pro juiz diminuir a pensão. Sempre acatei todas as decisões da Justiça, sempre paguei a pensão do Miguel, pago até mais e nunca recorri da decisão do Juiz. Nunca pedi uma revisão do valor estabelecido”, declarou.

“Eu ainda me propus pagar, além da pensão, todas as despesas do Miguel relacionadas a saúde, educação e tudo que ele quiser fazer da vida dele. É importante pro futuro dele. Se ele quiser fazer aula de inglês, se ele quiser fazer aula de francês, qualquer esporte que ele quiser praticar, me vejo no dever de pagar. Aula de música, no geral, eu me vejo no dever de pagar”, acrescentou.

“Não estou querendo me vangloriar de falar dos meus custos com a vida do Miguel, até porque isso é muito degradante falar sobre isso. É muito constrangedor, até porque isso não diz respeito a ninguém. Isso diz respeito ao meu filho. Mas eu precisava vir a público falar disso.Estou sendo acusado de um monte de coisa, falando que estou pagando dois salários mínimos de pensão pro Miguel. Isso é até uma piada. Fiquei todos esses dias tristes de ouvir tudo isso. Não condiz com a verdade. Eu pago muito acima disso”, ressaltou.

“Foram divulgados alguns arquivos que eu estava pedindo a redução, mas na verdade esses arquivos estão querendo dizer que eu estava contestando o valor absurdo que eu considero que uma criança jamais conseguiria gastar sozinha que foi pedido pela mãe do Miguel. Nunca foi o valor determinado o valor da Justiça, nunca recorri, sempre acatei o que a Justiça determinou”, completou.

“Quanto ao boletim de ocorrência, eu não tomo conhecimento. Até porque nunca fui chamado pela justiça ou pela polícia para falar sobre ele. Eu e a mãe do Miguel a gente já discutiu algumas vezes, mas em nenhum momento entrei na justiça pedindo a guarda do Miguel. Isso é muito fácil de provar”, concluiu.

Confira o vídeo na íntegra:

Acusações contra Felipe Araújo

Felipe Araújo se posicionou contra as acusações feitas pela sua ex-namorada, Caroline Marchezi, que afirmou ter sido agredida psicologicamente pelo cantor durante sua gravidez. “Vim aqui falar sobre o que foi exposto envolvendo a mim, Felipe e nosso filho Miguel”, iniciou para a jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Em outro momento, ela ainda contou que o cantor não a teria ajudado financeiramente durante o período de pré-natal, e mais tarde, teria ainda tentado diminuir o valor da pensão. “A advogada dele veio a Vitória e ofereceu dois salários mínimos de pensão, depois ofereceu três salários. Meu advogado disse que, com esse valor, não haveria acordo. Que tudo deveria ser feito em prol do Miguel”, revelou.

Carol ainda disse que não queria levar isso para a Justiça e foi Felipe quem teria entrado com uma ação. “Provisoriamente o juiz aumentou o valor ofertado. O processo ainda está em andamento. Em setembro do ano passado realmente houve a discussão onde o pai do meu filho me agrediu psicológica e moralmente, conforme relatei na delegacia de proteção à mulher. Não houve agressão física”, ressaltou.

Após esse episódio, ela decidiu ir na delegacia, mesmo com o receio da exposição que isso traria. “Não queria ir de jeito nenhum pois fiquei com medo, mas  se eu não fosse ainda seria apontada como a errada. Diriam: 'Se foi agredida mesmo, porque não à delegacia?’. Rejeitei o medo, a insegurança e a exposição e fui”, avaliou.

Na ocasião, a defesa de Felipe Araújo negou as acusações. "A defesa de Felipe informa que paga mensalmente ao menor Miguel o valor fixado pelo poder judiciário, e, que mesmo sem realizar qualquer show há mais de três meses vem cumprindo fielmente com o determinado pela decisão judicial. Quanto a alegação de que Felipe supostamente está buscando a guarda do menor, notadamente se trata de uma inverdade descabida, vez que sequer cogitou essa situação, pois entende e concorda que o filho deve residir com a genitora".

Sobre a suposta agressão relatada, onde Carol afirma que teria registrado um boletim de ocorrência, a defesa negou conhecer o fato. "Nunca tomou conhecimento de tais fatos. Negando também as alegações de que teria ameaçado tirar a guarda do filho em qualquer momento, vez que nunca teve essa intenção", concluiu.

Mais Notícias
Outros Famosos