No olho do furacão

Lea Michele é acusada de transfobia após polêmica de racismo

A atriz está envolvida em mais uma grande polêmica

Lea Michele é acusada de transfobia após polêmica de racismo
Lea Michele foi colocada em nova polêmica - Foto: Reprodução/Fox/Montagem

Publicado em 04/06/2020 às 15:35:46

Por: Redação NT

Mais uma polêmica atingiu a atriz Lea Michele. Depois de ser acusada de racismo pela atriz Samatha Ware, com quem atuou na série Glee, Lea agora foi apontada como transfobica pela atriz, modelo e cantora Plastic Martyr, que deu todos os detalhes nas redes sociais.

Em uma publicação feita e replicada nas diferentes redes sociais, Plastic relatou ter ouvido um comentário preconceituoso de Lea Michele durante a premiação do Emmy, afirmando que na época ainda não tinha "100% de passabilidade", ou seja, não era totalmente reconhecida pelo seu gênero.

"Com licença, você sabe que está no banheiro feminino, né?", teria dito Lea Michele quando encontrou Plasti. "Eu me lembro que estava me sentindo linda aquele dia, e saí daquele banheiro me sentindo extremamente envergonhada", relembrou.

Polêmicas de Lea Michele e o pedido de desculpas nas redes sociais

A atriz, uma das protagonistas da série Glee, Lea Michele vem sofrendo com diversas acusações nas últimas semanas. A primeira aconteceu pela atriz Samantha Ware, que replicou a mensagem de apoio aos negros feita por Lea e disparou criticas a postura da mesma.

Outros atores da série musical também se manifestaram e afirmaram ter sido "terrível" a convivência com Lea nos bastidores da produção de sucesso. A interprete da personagem Rachel usou as redes sociais para se manifestar e pediu desculpas.

"Se foi minha posição e perspectiva privilegiada que me levou a ser percebida como insensível ou inadequada às vezes ou se era apenas minha imaturidade e eu sendo desnecessariamente difícil, peço desculpas pelo meu comportamento e por qualquer dor que tenha causado", disse ela em um trecho da publicação.

publicidade




LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!