Reportar erro
Deu o que falar

Filho da cantora gospel Eyshila se assume gay e aparece montado de drag na web

O jovem decidiu aparecer montado em rede social

Eyshila e Lucas
Eyshila e Lucas - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 27/04/2020 às 16:04:37

Lucas Santos, filho da cantora gospel Eyshila, surpreendeu seus seguidores após surgir montado como uma drag queen nas redes sociais, em fotos e vídeos.

Em uma das publicações, o jovem aparece com uma peruca loira, já em outra, ele está usando tons mais escuros. Em um vídeo compartilhado, ele interpreta a canção Love, da cantora Lana Del Rey.

Em outra postagem, Lucas chegou a comentar sobre sua decisão, revelando o nome que escolheu para usar. "Não consigo decidir meu nome de drag. Na verdade eu decidi, é 'peridot", escreveu.

Já em outra, ele se monstra feliz com o retorno que teve após decidir compartilhar seus registros online: "Mas, sério, muito obrigado por todo o apoio. Estou assustado com tanto amor e compreensão".

Ao ser questionado por um seguidor, que destacou a boa relação dele com a mãe, Lucas Santos decidiu falar sobre a questão: "Se ela pudesse escolher, teria um filho gay? Não. Se eu pudesse escolher, teria uma mãe pastora evangélica? Não. Mas aconteceu. E acaso não foi. Seguimos nos amando e nos respeitando, em prol de uma vida pacífica e saudável", afirmou pela função do Stories.

Eyshila se pronuncia sobre decisão do filho

Após a repercussão dos conteúdos do filho, a cantora decidiu se pronunciar. Ela postou uma foto dando um beijo em Lucas e fez uma reflexão na legenda, dizendo que os filhos são "herança do Senhor, mas não são propriedade" dos pais. Ela deu ainda um recado para que todos "amem seus filhos".

"Eles são nossos filhos, não nossos troféus. Eles são nossos, mas são seres independentes. Não são a nossa continuação, mas tem sua própria história, com suas escolhas e suas experiências. Pais, amem seus filhos! Amem e expressem isso em palavras e atitudes. Se o que vocês derem, ainda assim não for suficiente para eles por alguma razão, não se culpem por isso. Os pais só podem dar o que tem", escreveu.

Em outra parte da publicação, ela destacou que mesmo com os erros os filhos tem que ser amados, sem qualquer tipo de vergonha. "Além do mais, ainda que vocês cometam muitos erros na criação deles, existe um Pai no céu que é poderoso para transformar toda maldição em bênção. Antes de serem nossos filhos, eles pertencem a Deus. Assim como Deus nos ama incondicionalmente, amemos nossos filhos também. Amemos mesmo sem concordar com seus erros. Amemos sem compactuar com suas escolhas. Amemos sem culpa e sem vergonha alguma. Afinal, quem ama não deve nada a ninguém. Nem explicações", concluiu.

Mais Notícias
Outros Famosos