Reportar
erro
Herança

Caso Gugu: Rose Miriam se declarou solteira em 2012, segundo documento

Termo foi entregue à Justiça por advogados da defesa do espólio do apresentador


Gugu Liberato e Rose Miriam ao lado dos três filhos
Rose Miriam é mãe dos três filhos de Gugu Liberato - Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 08/03/2020 às 18:00:00

A defesa do espólio de Gugu Liberato apresentou à Justiça, na sexta-feira (6), um documento de 2012 assinado por Rose Miriam di Matteo em que ela se declara "solteira". Mãe dos três filhos do apresentador, ela luta para ser reconhecida como companheira na partilha de bens, avaliados em torno de R$ 1 bilhão.

Por meio do mesmo documento, Rose Miriam teria afirmado reconhecer que ela e Gugu estavam "ligados tão e somente como pais e, portanto, são responsáveis pelo bem-estar dos filhos”. As informações foram divulgadas na edição deste domingo (8) da revista Veja.

Segundo a reportagem, o documento também comprova a doação de uma casa em Alphaville, na cidade de São Paulo, feita por Gugu em benefício de Rose. Avaliado em R$ 1,8 milhão, o imóvel era a casa onde a médica vivia com os três filhos.

Desta forma, tal documento derruba a tese de Rose Miriam de que o pai de seus filhos não teria deixado nada para ela em vida. Além disso, confirma o que um acordo de 2011 já havia determinado: os dois não eram um casal e apenas se uniram para ter os filhos, frutos de inseminação artificial.

Advogados de Rose Miriam contestam acordo de 2011

Um acordo firmado entre Gugu Liberato e Rose Miriam di Matteo em 25 de março de 2011, em que ela abria mão dos direitos de companheira do apresentador, é contestado pela defesa da médica. O documento considera que os dois são "amigos e unidos apenas na condição de pais dos filhos".

Segundo o advogado de Rose Miriam, o documento foi assinado enquanto ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, tratando-se de uma crise de depressão. Muito abalada, ela não estava em condições de assinar acordos nem de responder plenamente por seus atos.

Lavrado em cartório um ano após a assinatura desse acordo, o novo documento dá novos rumos na disputa pelos bens deixados por Gugu. A defesa do espólio acredita que esse pode ser o ponto final para o processo de reconhecimento de união estável travado por Rose Miriam.

A briga pela herança de Gugu se estende desde a morte do apresentador, em novembro de 2019. A seu favor, Rose Miriam apresentou capas de revistas estampadas pelos dois, entrevistas dadas em dupla, além de cartas e fotos que comprovam a durabilidade da relação. Se reconhecida como companheira, Rose Miriam terá direito a 50% dos bens, entre imóveis, terrenos, postos de gasolina, estúdios de TV e prédios comerciais.

Mais Notícias
Outros Famosos