Reportar erro
Decisão

Justiça nega recursos de Rose Miriam sobre testamento de Gugu Liberato

Aparecida Liberato também segue como a inventariante do apresentador

Rose Miriam, Gugu e três filhos
Rose Miriam ao lado de Gugu e três filhos - divulgação
Redação NT

Publicado em 27/02/2020 às 10:55:34

O desembargador Galdino Toledo, da 9ª Câmera de Direito Privado de São Paulo, decidiu nessa quarta-feira (26) confirmar todas as decisões de primeira instância sobre o testamento de Gugu Liberato, morto no ano passado, vítima de um acidente doméstico nos Estados Unidos.

Toledo negou diversos pedidos de Rose Miriam, mãe dos filhos de Gugu. Os bens do inventário continuam bloqueados e a irmã do apresentador, Aparecida Liberato, segue como testamenteira e curadora das filhas menor de idade, Marina e Sofia.

Em nota oficial enviada ao NaTelinha, o advogado de Rose Miriam, Nelson Willians, criticou a decisão: "O desembargador analisou o recurso de forma superficial".

Willians destaca que a questão depende de análise mais profunda e diz que somente depois da apresentação da contraminuta é que a turma julgador irá analisar o objeto do agravo.

Confira a nota completa:

“O desembargador analisou o recurso de forma superficial.

Mas vale destacar que asseverou que a questão depende de análise mais profunda perante o juízo onde tramita o pedido de reconhecimento de união estável, que é onde tudo se resolverá com o consequente reconhecimento.

Da mesma forma, ressalta-se que o desembargador manteve, ao menos por ora, a reserva dos bens. O Recurso ainda será julgado em seu mérito por três desembargadores que compõem a 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Somente depois da apresentação da contraminuta, a turma julgadora irá de fato analisar o objeto do agravo”.

Mais Notícias
Outros Famosos