Clima de paz?

Mara Maravilha nega crise na relação de Rose Miriam com os filhos de Gugu

Apresentadora do SBT fez a revelação no Fofocalizando

Mara Maravilha nega crise na relação de Rose Miriam com os filhos de Gugu
Mara Maravilha e Rose Miriam - Foto: Montagem/Reprodução

Publicado em 27/02/2020 às 17:59:31

Por: Redação NT

Na edição do Fofocalizando desta quinta-feira (27), a polêmica envolvendo a herança de Gugu foi pauta novamente. Aproveitando o assunto, Mara Maravilha fez questão de negar que os filhos do apresentador estavam numa crise na relação com a mãe, Rose Miriam.

"Como é que não vai viver como uma mãe e os filhos dentro de uma casa, vivendo na mesma cozinha? Ela ainda está criando [os filhos] Como é que ela não vai conviver bem? Existe uma exposição na mídia, dizem que não é positiva a relação dos filhos com a mãe", iniciou.

Em outro momento, ela garantiu que mãe e filhos estão com uma boa convivência, afirmando que a imprensa estaria exagerando. "Na imprensa pinta que a relação dos filhos não está bem. Só que no dia a dia não é essa realidade. Lá nos EUA, eles estão vivendo uma vida normal, indo para a escola, ela acompanhando...", disse.

Encerrando, Mara pediu que a família fosse respeitada nesse momento conturbado, criticando a mídia novamente: "É muita coisa que se pinta na mídia e a realidade é outra. Até vir o veredito é volúvel da nossa parte ficar falando quem é certo e quem é errado. A gente tem que respeitar".

Justiça nega recursos de Rose Miriam sobre testamento

O desembargador Galdino Toledo, da 9ª Câmera de Direito Privado de São Paulo, decidiu nessa quarta-feira (26) confirmar todas as decisões de primeira instância sobre o testamento de Gugu Liberato. Com isso, ele negou os pedidos de Rose Miriam, e os bens do inventário continuam bloqueados e a irmã do apresentador, Aparecida, segue como curadora das gêmeas.

Em nota oficial enviada ao NaTelinha, o advogado de Rose Miriam, Nelson Willians, criticou a decisão: "A questão depende de mais ampla análise".

Confira a última nota atualizada:

“O desembargador analisou de forma perfunctória o Recurso e asseverou, em sede de liminar, que a questão depende de mais ampla análise perante o Juízo onde tramita o pedido de reconhecimento de união estável.

Indeferiu, ao menos por ora, a reserva dos bens. O Recurso ainda será julgado em seu mérito por três Desembargadores que compõem a 9a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Na ação de reconhecimento de união estável que é a ação principal que a Sra. Rose busca em juízo a nulidade do testamento e do documento firmado em 2011.

A Sra. Rose, viúva do Gugu e que manteve união estável desde 2000 , declara, por intermédio dos seus advogados, que confia na Justiça”.




publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!