Confusão

Além de Gugu: Outras heranças de famosos que foram parar nos tribunais

Famílias de Marcos Paulo e Chico Anysio foram alguns que passaram por essa situação

Além de Gugu: Outras heranças de famosos que foram parar nos tribunais
Viúva e família de Gugu brigam na Justiça - Foto: Montagem

Publicado em 05/02/2020 às 05:41:00

Por: Redação NT

A briga pela herança de Gugu Liberato é um dos temas mais comentados do mundo das celebridades nas últimas semanas. A mãe dos filhos do apresentador, Rose Miriam, entrou na Justiça para ser reconhecida como uma das herdeiras do patrimônio do artista.

Mas essa batalha judicial não é exclusividade apenas do comunicador que morreu no ano passado, aos 60 anos. Outras famílias de artistas também foram aos tribunais contestar testamentos.

Confira:

Herança de Marcos Paulo

Em 2012, Marcos Paulo morreu aos 61 anos e a batalha pela sua herança foi gigantesca. Antonia Fontenelle, que viveu com o ator e diretor por sete anos, entrou na Justiça após a ex-mulher do artista, a atriz Flávia Alessandra, ter trocado as chaves do apartamento dele na Barra da Tijuca, tendo o apoio das filhas de Marcos.

Fontenelle ficou revoltada e tornou toda a batalha judicial pública. "Liguei para o senhor João Paulo Lins e Silva (inventariante) e disse: ‘quero abrir mão de tudo que é do Marcos Paulo’. Porque eu, Antonia, queria que esse homem soubesse que em momento algum estive com ele para fazer novela ou pelo dinheiro", bradou em um vídeo gravado em seu perfil do Instagram em 2018.

Já em 2012, pouco antes de falecer, Marcos Paulo fez uma carta de próprio punho beneficiando Antonia Fontenelle. "Depois disso, junto com meu sogro e com o inventariante, ele me beneficiou, me reconheceu como mulher dele, me honrou", completou.

A loira também repetiu mais de uma vez que nunca quis o dinheiro do finado marido, mas que "não vou abrir mão dos meus direito e do desejo dele". No ano passado, a Justiça reconheceu Antonia como uma das herdeiras.

"Meu advogado me liga para dizer que, finalmente, depois de 7 anos de muito esculacho, a Justiça me deu ganho de causa. É um ganho moral. É uma vitória moral. Três a zero como todas as vezes que fui reconhecida, foi por unanimidade", desabafou, emocionada.

Herança de Clodovil

Clodovil morreu em 2009, aos 71 anos, e tudo parecia que seria resolvido rapidamente, pois o antigo apresentador e político deixou seus bens para uma fundação, a Casa Clô, que ele criou para manter viva sua memória e conquistas.

Mas um ex-funcionário do comunicador foi à Justiça e afirmou que viveu um relacionamento afetivo, pedindo que fosse reconhecida sua união estável com o artista. A Justiça bloqueou a herança há dez anos e ainda o caso não foi solucionado, apesar de vários objetos dele ter sido leiloado.

Herança de Ox Bismarchi

Ângela Bismarchi foi acusada pela família do seu ex-marido de ter sido a mandante do crime. O cirurgião Ox Bismarchi morreu em 2002 e sua viúva não acabou respondendo formalmente as acusações, pois os parentes do médico nunca apresentaram provas contra ela.

Ângela não foi autorizada pela família do marido falecido a voltar para a casa que eles moravam, já que a mansão estava no nome da irmã e dos dois filhos do médico de outros casamentos.

Porém, em 2013, a artista foi inocentada totalmente do caso e comemorou. “Durante esses anos, tudo isso me abalou muito. A irmã dele me acusou de ter participação no crime, querendo até tirar a minha parte da herança. Acusar as pessoas sem saber a verdade é muito perigoso. Uma pessoa inocente poderia ter sido presa. Agora eu estou aqui como testemunha de acusação. A justiça tarda, mas não falha”, afirmou em 2013, em entrevista a Record.

Herança de Marília Pêra

Em 2015, Marília Pêra morreu aos 72 anos e comoveu o Brasil. Com décadas de serviços prestados a dramaturgia, a atriz deixou um patrimônio de cerca de R$ 40 milhões para seus herdeiros.

Só que os três filhos, o viúvo e a irmã entraram numa disputa judicial depois que o testamento foi aberto e lido. No documento, Marília deixou 75% para os filhos e 25% para dividirem entre o ex-marido e sua irmã.

A batalha durou até agosto do ano passado, mas segundo a colunista Fabia Oliveira, todas as partes chegaram em um acordo e, por incrível que pareça, seguiram o desejo de Marília.

Herança de Chico Anysio

Em 2012, Chico Anysio morreu aos 80 anos. Um dos principais nomes do humor do país, ele deixou sua herança para filhos e a ex-esposa, mas uma dívida fez com que a família tivesse dor de cabeça.

Em 2018, o jornalista Leo Dias noticiou que a viúva era quem cuidava do patrimônio do comediante, mas perdeu o cargo para Bruno Mazzeo na Justiça. O tribunal entendeu que ela foi negligente no gerenciamento financeiro, deixando para trás contas de IPTU.

Pai de oito pessoas, Chico teria deixado Lug de Paula fora do testamento, pois na época que o documento foi feito, os dois haviam se desentendido. Nenhuma das partes falou sobre o assunto até hoje.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!