Reportar erro
Polêmica

Advogado esclarece suposta denúncia do filho de Gugu contra a própria mãe: "Não existe"

Filho mais velho de Gugu prestou queixa-crime contra o tio e o primo

João Augusto e Rose Miriam
João Augusto e Rose Miriam - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 03/02/2020 às 10:29:00

Um dos advogados da família Liberato esclareceu sobre os rumores de que o filho de Gugu, João Augusto, teria feito um boletim de ocorrência contra Rose Miriam Di MatteoEm entrevista ao Fantástico, exibida no último domingo (02), Dilermando Cigagna Júnior garantiu que o jovem de 18 anos não denunciou a própria mãe.

“Foi muito noticiado essa semana que o João teria feito um boletim de ocorrência contra a própria mãe", iniciou a repórter Ana Carolina Raimundi. "Não existe boletim de ocorrência do João contra a mãe", afirmou o profissional, dando um ponto final aos boatos.

Tudo começou após o testamento de Gugu ter sido lido para a família. O comunicador deixou a irmã, Aparecida Liberato, como a inventariante e curadora especial das gêmeas e filhas menores de idade dele, Sofia e Marina, e não colocou Rose no documento de divisão de bens.

“Ouviu o testamento junto com as filhas, com o João, seu filho, com toda a família e concordou com os termos. Pediu harmonia da família. Fez até um discurso bonito para todos. A leitura do testamento, se não me engano, aconteceu por volta de 16h de sexta-feira. A notícia que nós tivemos depois é que 20h ou 21h, ela estava na casa de outro advogado, levada pelo seu irmão, para contestar esse testamento”, disse o outro advogado da família Liberato, Carlos Regina.

Na mesma noite, Rose foi até a casa do advogado Nelson Wilians junto com seu irmão Gianfrancesco Di Matteo, do sobrinho Eduardo Di Matteo e do seu filho mais velho. De acordo com a família Liberato, Augusto não sabia que estava sendo levado para a casa de um advogado.

Apesar de não ter feito um boletim de ocorrência contra a mãe, João fez uma queixa-crime contra o tio, Gianfrancesco, e contra o primo Eduardo. Em meio a confusão familiar, Rose Miriam também entrou na Justiça para comprovar que tinha uma união estável com Gugu, o que daria a ela direito a 50% de todo o patrimônio.

Filhos de Gugu podem ser prejudicados?

Com uma possível vitória de Rose na Justiça, o Fantástico quis saber se os filhos de Gugu poderiam ter a herança diminuída. “Isso pode ser entendido dessa forma e, para um técnico, isso é dessa forma”, comentou o advogado da família Liberato.

A repórter Ana Carolina também questionou Nelson se a cliente dele poderia prejudicar os filhos e os sobrinhos do apresentador. “Dos sobrinhos sim, dos filhos, em hipótese alguma, porque Rose não apenas fez um documento em cartório em que tudo que ela ganhar imediatamente será transferido para seus filhos”, explicou o defensor.

Entenda o caso

Os bastidores da partilha de bens deixados pelo apresentador Gugu Liberato se tornaram alguns dos assuntos mais comentados deste início de 2020. A morte trágica, ocorrida em novembro do ano passado, em Orlando, nos EUA, deu início a uma batalha travada pela médica Rose di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu, contra os parentes do famoso.

De acordo com dados publicados pela revista Veja na última semana, o valor total do patrimônio de Gugu Liberato pode chegar a R$ 1 bilhão. Além do trabalho de sucesso na televisão, que lhe proporcionava um dos mais altos salários da TV brasileira, Gugu era empresário de sucesso. Era dono de diversos imóveis, como galpões, prédios comerciais, casas, flats e terrenos.

O espólio do apresentador inclui 12 herdeiros. Além de Rose Miriam, que luta para ser reconhecida como esposa de Gugu, há os três filhos, Sofia, João Augusto e Marina, a mãe, Maria do Céu, dois irmãos e cinco sobrinhos.

Mais Notícias
Outros Famosos