Justiça

Acusado de ameaçar cantor, Eduardo Costa presta depoimento à polícia

Sertanejo estaria insatisfeito com o relacionamento de Clayton com sua ex-namorada

Acusado de ameaçar cantor, Eduardo Costa presta depoimento à polícia
Eduardo Costa prestou depoimento - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 15/01/2020 às 16:05:00 ,
atualizado em 15/01/2020 às 17:36:44

Por: Redação NT

Eduardo Costa e o seu irmão, Weliton Costa, foram à Polícia Civil de Belo Horizonte na última terça-feira (14) e prestaram depoimento sobre uma suposta ameaça deles ao cantor Clayton, da dupla Clayton e Romário. O caso está sendo investigado pelas autoridades.

De acordo com a Polícia Civil, os irmãos compareceram por vontade própria à Delegacia Adida Juizado Especial Criminal, na capital de Minas Gerais, um dia antes do que foi determinado na intimação. A delegada que cuida do episódio não quis dar detalhes sobre o depoimento.

O caso agora se encontra nas mãos da Justiça e uma nova audiência será agendada para ouvir todas as partes. O boletim de ocorrência foi feito pela vítima no dia 23 de dezembro do ano passado.

De acordo com detalhes do B.O., foi Romário quem recebeu mensagens com ameaças contra o irmão Clayton Moreira Lemos. No relato feito aos policiais, Eduardo Costa não estaria satisfeito com o namoro do cantor com a ex-noiva dele e por conta disso teria ido tirar satisfações.

VEJA TAMBÉM

Na última semana, Leo Dias trouxe o caso à tona no UOL. Quem teria feito as ameaças foi Weliton, que enviou um áudio no WhatsApp ameaçando "matar todas as pessoas que estiverem ao lado dela!".

Eduardo Costa acabou confirmando a existência da mensagem e pediu desculpas, dizendo que a atitude se deu em um "momento de fúria".

Vale lembrar que o sertanejo já foi padrinho musical e investidor da dupla Clayton e Romário

Eduardo Costa assinou documento da polícia

Após prestar esclarecimentos, Eduardo e seu irmão assinaram um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e o documento foi levado para a Justiça. Agora, a equipe de defesa do artista acompanhará os próximos passos do caso.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de imprensa de Eduardo Costa informou que ele já prestou os esclarecimentos à Justiça, continua à disposição e não irá comentar sobre o assunto.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!