Aposentado

Diego Hypólito anuncia que vai entrar para a política: "Não vou mudar"

Aposentado, o rapaz garante que brigará por melhoras no esporte

Diego Hypólito anuncia que vai entrar para a política:
Diego Hypólito contou que entrará para vida pública - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 03/12/2019 às 16:40:00

Por: Redação NT

Diego Hypólito anunciou sua aposentadoria recentemente e conversou com Márcia Goldschmidt nesta terça-feira (03) sobre seu futuro. O esportista revelou que pretende seguir carreira política para promover mudanças na área do esporte.

“Se eu não entrar com a minha visão de virtude de empoderamento de mudança de pessoas de bem, a gente vai continuar sempre comandada pelas mesmas pessoas. E eu pouco me importo se perco meu salário, isso ou aquilo. Não me importo com isso, porque vim de baixo”, afirmou o rapaz durante live no Instagram.

“Por que eu quero fazer mudança no esporte? Porque eu vejo 90% das pessoas que estão cuidando do esporte só olham pro seu próprio umbigo e isso é péssimo, porque se você olha só pra você, não vai ter olhar para o atleta”, explicou.

Diego tem buscado dialogar com o Governo Federal para que o esporte sofra alterações e tenha significativa melhora. O agora ex-atleta de ginástica artística acredita que é necessário que outros nomes da área também se mexam para que ocorra uma mudança.

“O presidente me chama pra conversar, eu tenho muitas ideias que ele falou que eu não concordo de maneira alguma, que são preconceitos e eu não concordo de maneira alguma, mas ele é o presidente do nosso país. Ele me chamou pra conversar e o Ministério dos Esportes acabou e teve muita gente falando ‘o Ministério dos Esportes acabou’ e não vi nenhum atleta se mobilizando pra que isso se revertesse. Não vi ninguém brigando pelo esporte”, disparou.

Diego Hypólito e foto com Bolsonaro

Diego Hypólito posou recentemente ao lado de Jair Bolsonaro e causou revolta na comunidade LGBTQ. “Me julgaram muito. E você sabe o que eu penso? Isso me impressiona muito, porque eu acho que o ser humano tem que ser a favor do país. Independente do que ta certo ou ta errado. A gente tem que cobrar tudo que está errado, mas a gente tem que ta a favor do Brasil”, posicionou-se na conversa com Márcia.

“Não vou mudar meus conceitos, minhas atitudes simplesmente por achismo. Eu vou fazer aquilo que é o melhor pelo esporte. Eu poderia me aposentar agora e ficar na minha”, decretou.

Na última semana, o esportista desabafou e disse que iria contratar seguranças por medo das ameaças que estaria recebendo de membros da comunidade LGBTQ.



Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!