Criticou

Milton Neves critica Globo após matérias sobre Bolsonaro: "Ficou feio"

O jornalista ainda relembrou ano em que Jornal Nacional fez um pedido de desculpas

Milton Neves critica Globo após matérias sobre Bolsonaro:
William Bonner e Milton Neves - Foto: Montagem/Reprodução

Publicado em 31/10/2019 às 15:15:41

Por: Leandro Mendonça com Redação NT

Na noite desta quarta-feira (30), Milton Neves usou seu perfil do Twitter para detonar a Globo, e o motivo foi a exibição de matérias que falaram sobre a citação de Jair Bolsonaro no caso do assassinato de Marielle Franco.

Durante a exibição do Jornal Nacional, o contratado da Band afirmou que "ficou feio" para a emissora carioca. "Dona Globo dando uma de ‘João sem Braço’ como se o incêndio que sabiam que iriam causar é algo normal…ficou feio, muito feio. Página negra”, disparou.

Em outra publicação, o jornalista relembrou o episódio que ocorreu em 1994, onde a Globo foi obrigada pela Justiça a exibir um direito de resposta à favor de Leonel Brizola, que na época era governador do Rio de Janeiro. A emissora e o político na época travaram uma grande batalha nos tribunais.

“Nossa, Senhora Globo, que abacismo! Demitir os cabeças dessa burrice agora não vai adiantar nada .E é bom desde já torcer para que o Bonner não seja obrigado a repetir Cid Moreira tendo que ler desculpas e perdão no JN naquela ‘ordem’ do Leonel Brizola. O Capitão pode pedir o mesmo!”, escreveu.

Bolsonaro se defendeu no Jornal da Record

Na última terça-feira (29), mesmo dia em que a reportagem foi ao ar no principal jornal da TV Globo, o presidente foi se defender no Jornal da Record, tudo isso em duas horas depois das denúncias do JN.

Vale lembrar, que a relação de Edir Macedo com Jair Bolsonaro é bem próxima. O dono da Record TV, inclusive, foi convidado para participar do desfile de 07 de setembro em Brasília, onde ficou bem próximo ao presidente.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!