Polêmica

Aliada de Bolsonaro, Ana Paula do Vôlei acusa Globo de censura

Ex-atleta criticou emissora no Twitter

 Aliada de Bolsonaro, Ana Paula do Vôlei acusa Globo de censura
Ana Paula criticou a Globo - Foto: Montagem

Daniel César

Publicado em 27/10/2019 às 20:05:00

Neste domingo (27), a ex-jogadora Ana Paula do Vôlei usou seu perfil no Twitter para acusar a Globo de não ter incluído sua entrevista numa reportagem do Esporte Espetacular que abordou a temática sobre transexuais no esporte feminino.

continua depois da publicidade

“O Esporte Espetacular mostrou hoje uma matéria sobre transexuais no esporte feminino. A Globo esteve em minha casa e eu dei uma longa entrevista com dados científicos, biológicos e políticas antidoping na defesa das mulheres. A entrevista foi censurada e não foi incluída na matéria”, afirmou.

A reportagem do programa esportivo da Globo teve como mote a luta de Andraya Yearwood para poder disputar provas de atletismo. A produção da atração escutou especialistas, inclusive Ana Paula, mas a matéria exibida na manhã de hoje contou com alguns profissionais da área, excluindo a ex-jogadora.

continua depois da publicidade

“Sempre respeitei a emissora e estive disponível durante meus 24 anos no esporte. Não considero a censura de minha entrevista, que clara e unicamente  defende o esporte feminino, um desrespeito a mim, mas a milhares de mulheres e jovens atletas que NUNCA são ouvidas”, disparou a ex-atleta.

A reportagem teve cerca de nove minutos e mostrou outros exemplos de transexuais que buscam manter seus espaços no esporte. A jogadora de vôlei Tiffany é um dos casos mais emblemáticos do Brasil, já que outras atletas realizaram reclamações publicamente sobre o assunto.

continua depois da publicidade

Houve jogadoras que apontaram certo favorecimento da atleta por ter nascido homem. “Ela tem ainda corpo de homem por mais que os hormônios estejam agora compatíveis, tem formação de corpo de homem”, disse Sheila no ano passado.

Ana Paula também já deu seu ponto de vista sobre Tiffany, mostrando-se ser contrária a participação dela em campeonato oficiais de vôlei, o que revoltou a atleta. “Dilata homofobia disfarçada de palavras bonitas”, falou a jogadora em março deste ano.

continua depois da publicidade

Globo e Ana Paula do Vôlei

A Globo recebeu apoio dos seguidores da Ana Paula do Vôlei, chamando a emissora de golpista e defender a “lacração da esquerda”.

“Não abaixa a cabeça pra essa emissora. Eles se sentem os donos do mundo, mas o povo já acordou”, publicou um seguidor. “Quem precisa da Globo?”, postou uma segunda pessoa.