Infância

Nicolas Prattes diz que era o "capeta" quando criança: "Fui expulso de alguns colégios"

"Minha mãe não conseguia viajar com meu pai sozinha, porque ninguém queria ficar comigo", afirma o ator

Nicolas Prattes diz que era o
Nicolas Prattes como Alfredo de "Éramos Seis" - Divulgação/TV Globo

Publicado em 08/10/2019 às 10:55:03 ,
atualizado em 08/10/2019 às 11:04:07

Por: Redação NT

Atualmente em cartaz como o Alfredo de Éramos Seis, Nicolas Prattes aprontou muito quando era criança. Sua mãe, Giselle, ao que parece, teve muito trabalho.

Numa entrevista ao GShow, ele afirmou que até já saltou de um carro em movimento aos 8 anos de idade: "Eu era o 'capeta' quando criança. Minha mãe não conseguia viajar com meu pai sozinha, porque ninguém queria ficar comigo".

Travesso, também perdeu as contas quantas vezes foi convidado a se retirar de escolas: "Fui expulso de alguns colégios, e um deles foi quando tinha 7 anos de idade. Estudei em seis escolas porque não me adaptava".

"Sempre fui aquele que jogava bola na rua, descalço, não me importava com nada. Quando comecei a trabalhar como ator, precisei ter mais cuidado comigo para não me machucar e a usar filtro solar. Me cuido, mas nada exagerado", lembrou ele.

Nicolas Prattes e vários visuais

O ator já esteve de cara "limpa", cavanhaque, barba, e agora usa somente o bigode em cena. "Demorei a me adaptar com o bigode. Estranhei muito no primeiro mês, mas agora já me acostumei e até curti. Adoro mudar", garante.

O sucesso não lhe sobe a cabeça: "Minha mãe puxa minha orelha por qualquer coisa (risos). Hoje, tem um perigo muito grande de você acreditar que é uma celebridade, principalmente por conta de rede social que todo mundo posta que a vida é bela, quando, na verdade, a realidade não é essa. Como ator é preciso cautela, porque a fama pode ser perigosa e traiçoeira".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!