Bate-boca

Diretor ofende Fernanda Montenegro e associação sai em defesa de atriz

Diretor criticou duramente atriz global em redes sociais

Diretor ofende Fernanda Montenegro e associação sai em defesa de atriz
Fernanda Montenegro foi capa de uma revista posando como se fosse uma bruxa. Foto: Divulgação

Publicado em 23/09/2019 às 22:00:23

Por: Redação NT

Após o diretor da FUNARTE (Fundação Nacional de Artes), Roberto Alvim, utilizar suas redes sociais para criticar Fernanda Montenegro, a APTR (Associação de Produtores de Teatro) saiu em defesa da atriz e lamentou o ocorrido envolvendo o nome da veterana.

O imbróglio começou quando Alvim utilizou seu perfil nas redes sociais para criticar o ensaio fotográfico feito por Fernanda para uma revista em que aparece amarrada diante de uma fogueira feita por livros, dando a entender que seria queimada como se fosse uma bruxa, fazendo menção ao período de Inquisição.

"Hoje Fernanda saiu na capa de uma revista asquerosa de esquerda, amarrada como uma bruxa prestes a ser queimada em uma fogueira de livros... NADA pode ser mais INFANTIL, MENTIROSO E CANALHA do que o que essa senhora diz na referida matéria", escreveu o profisisonal que é responsável pelo Centro de Artes da Fundação.

A postagem foi feita na noite do último domingo (22) e acabou viralizando, o que fez com que ele voltasse à ativa nesta segunda-feira (23) se referindo a atriz, que está com 89 anos, como uma pessoa sórdida. Ao longo do dia, a Associação decidiu sair em defesa de Fernanda e divulgou nota repudiando as declarações do diretor.

Mesmo assim, já no início da noite de hoje, Alvim voltou ao ataque e, em seu perfil no facebook afirmou que não devia pedir desculpas.

"E pra encerrar de uma vez por todas esse assunto: não, eu não devo pedir desculpas. quem deve pedir desculpas é uma pessoa de projeção internacional que calunia para o mundo um Presidente eleito democraticamente por seu povo. quem deve pedir desculpas é uma pessoa que mente na imprensa acerca de um Estado democrático, afirmando que estamos vivendo sob um governo censor. quem deve pedir desculpas é uma pessoa que bate violentamente e sem nenhuma razão em um Presidente honesto, íntegro e justo, que dá sua vida pela nação. quem deve pedir desculpas é quem usa seu nome e sua carreira para tentar mergulhar o país de volta na escuridão da qual estamos tentando sair. ela atacou de modo vil o Presidente. eu reagi, com uma proporção igual e em sentido contrário. não, eu não devo desculpas. ela deve.", escreveu.

Veja nota na íntegra da APTR sobre o tema.

"A APTR repudia veementemente as declarações do diretor de Artes Cênicas da Funarte, Sr. Roberto Alvim, em suas redes sociais, onde classifica o não diálogo com a classe artística como uma 'guerra irrevogável'.

Com a mesma intensidade, repudiamos a classificação da fala de dona Fernanda Montenegro como infantil, mentirosa e canalha. É absolutamente inadmissível que uma atriz com a sua trajetória seja atacada em seu livre exercício de expressão.

Desde que o mundo é mundo, as identidades de todos os povos são construídas através de símbolos, plenos de significados, originando histórias transmitidas de geração em geração. Por este motivo, quando o objetivo é destruir algo, o alvo é sempre o sagrado, o simbólico ou aquilo de maior valor afetivo.

Como cidadão, o Sr. Roberto Alvim pode expressar opinião, independentemente do campo social, cultural e ideológico. Já como gestor público de relevância nacional - ou seja, representando o país como um todo - o mesmo deveria atentar-se à natureza do seu cargo, pautando-se pelo respeito à classe que representa e aos profissionais consagrados por sua atuação.

Cuidar da cultura como um importante setor para a economia e a formação de um país trata-se de um exercício diário, ético e respeitoso. O mesmo se aplica ao cuidado que deveria ser adotado ao se referir a uma atriz como Fernanda Montenegro, um símbolo da identidade nacional, com reconhecimento em todo o mundo."


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!