Polemizou

Débora Falabella, sobre o Brasil: "Está nas mãos de pessoas completamente desqualificadas

Atriz falou sobre política, trabalho e vida pessoal

Débora Falabella, sobre o Brasil:
Débora Falabella polemizou ao falar sobre política - Foto: Reprodução

Publicado em 25/08/2019 às 14:10:00 ,
atualizado em 25/08/2019 às 15:59:06

Por: Redação NT

Débora Falabella falou recentemente sobre questões políticas, trabalho e vida pessoal. Em entrevista ao O Globo, a atriz abriu o jogo sobre sua trajetória.

Seu último trabalho foi a jornalista Natalie, em "Aruanas". A série falou sobre ativismo ambiental e o trabalho foi um gatinho para que a atriz se interessasse sobre a Amazônia: “Nosso modo de pensar é atrasado, guiado pelo dinheiro. Jornalistas e ativistas imersos naquela zona de guerra da floresta estão sob ameaça constante.”

Débora ainda acredita que a arte é de fato muito importante e que precisa estar acima da vida pessoal. Por essa razão, evitou falar sobre sua separação: “O que a gente realmente quer é a arte como engajamento e instrumento de ativismo. Na minha separação, a maneira que achei de ter respeito, sanidade e conseguir manter as coisas tranquilas foi não falar sobre isso", pontuou.

Ao Jornal, a atriz também falou sobre a idade: “Adorei fazer 40 anos, foi muito simbólico. É uma idade em que, hoje, estamos muito fortes. Sou de uma geração que conseguiu pegar carona nessa última onda feminista e se fortalecer como mulher", frisou.

Débora falou muito sobre política e afirmou que "o país está nas mãos de pessoas completamente desqualificadas”. Além disso, a atriz frisou: “Temos sido obrigados a dar opiniões, e a gente precisa se colocar. Não tem como não se posicionar num momento como esse. Estamos todos ameaçados e precisamos defender tudo, o meio ambiente, a educação, a previdência, as artes...”

 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!