Bate-papo

Em entrevista, Thaila Ayala revela que sofreu bullying na adolescência: "Me odiava"

Ela também contou que era fã do Raí e Júnior

Em entrevista, Thaila Ayala revela que sofreu bullying na adolescência:
Thaila Ayala conversou com Julia Faria - Foto: Reprodução/Youtube

Publicado em 13/08/2019 às 14:30:00

Por: Redação NT

Thaila Ayala respondeu perguntas feitas pelos seguidores de Julia Faria no canal da apresentadora no Youtube. O vídeo, lançado nesta terça-feira (13), mostrou a atriz revelando que sofreu bullying na adolescência, tinha amor platônicos pelo jogador Raí e o cantor Júnior, irmão de Sandy, além de gostar de dormir com roupas íntimas.

Thaila disse que, caso voltasse no tempo e conversasse com si mesmo aos 15 anos, daria o conselho de se amar mais. “Miga, sua louca, você vai ficar ótima, vai ficar tudo bem. Você vai se amar ainda. Você tem que se amar. E esse complexo da sua imagem, já que estamos no assunto, acho importante falar, eu me achava horrorosa, sofria bullying, me achava magrela, usava bojo, colocava uma calça por cima da outra. Me odiava, de verdade, tinha esse distúrbio da própria imagem. Isso é péssimo. Então eu daria esse conselho pra Thaila com 15 anos”.

Sobre os homens que achava bonito na infância e juventude, Ayala contou que achava o cantor Júnior bonito, assim como Raí. “Tinha um pôster do Júnior, da Sandy, né? E o Júnior... e Raí. Eu tinha um pôster gigantesco do Raí no meu armário”, contou a atriz. Questionada com quem gostaria de ficar dentro de um elevador, ela dispensou seu namorado, Renato Góes. “Ficaria com a Meryl Streep”, contou. “O Renato não, porque estamos presos em casa, na vida”, disse aos risos.

“Eu sou muito calorenta, marida [Julia Faria] sabe, porque ela sofre aqui”, iniciou Thaila. “Um dos grandes problemas da nossa relação é ar-condicionado”, contou a dona do canal. “Chego aqui no inverno e mando ligar o ar, ela diz que não vai e eu falo sempre que vai”, contou Ayala. “Então eu gosto de dormir com regata, um top, um sutiã e calcinha. Pode ser cueca. Gosto de coisa confortável, mas pouca, porque sou calorenta”, explicou.

A entrevista completa pode ser assistida abaixo:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!