Tal pai, tal filho

Filho do diretor Pedro Vasconcelos estreia na TV: "É um carrossel de emoções"

As primeiras cenas de Lucas Vasconcelos vão ao ar na próxima semana em Malhação

Filho do diretor Pedro Vasconcelos estreia na TV:
Lucas Vasconcelos será o personagem Dragão em "Malhação" - Rodrigo Lopes

Publicado em 22/06/2019 às 11:02:04

Por: Taty Bruzzi

Filho do diretor da Globo Pedro Vasconcelos com a advogada e ex-atriz Daniela Pessoa, Lucas Vasconcelos entra para o elenco de “Malhação - Toda Forma de Amar” a partir da próxima terça-feira (25).

Na novelinha ele será Dragão, vocalista da banda Teto de Vidro, e enfrentará, ao lado de Bill Clinton (Thiago Genini) e Marquinhos (André Matarazzo), o grupo de Raíssa (Dora de Assis) e Nanda (Gabriella Mustafá), por quem vai se interessar, em um festival.  

"Eu estou amando esta experiência nova de estar trabalhando com tantos amigos talentosos em ‘Malhação’”, disse Lucas ao NaTelinha. “Fazer o Dragão está sendo muito divertido. É uma louca montanha russa de emoções”, analisa.  

Assim como seu personagem, o ator de 22 anos já cantou e tocou em uma banda e o papel tem feito ele reviver um pouco essa passagem da sua vida. “Eu fazia muitos shows”, revela o artista que toca piano, guitarra e bateria. 

Diretor como seu pai, só que de cinema, o jovem cineasta afirma que se o Dragão não fosse um bad boy, ele e o personagem seriam bem parecidos. Principalmente, no estilo musical. “Não poderia estar mais feliz e em sintonia com meu personagem”, comemora.  

Outra coincidência na vida do rapaz é fazer parte da novelinha que contou com seus pais no elenco. Na temporada de 1997, Pedro interpretou o personagem Vudu enquanto que Daniela era a jovem Magali. 

Para Lucas, é como se ele realmente estivesse seguindo os passos dos pais. O rapaz ainda comemora o fato de poder contar com os dois em casa para lhe ajudar. “Eles me dão muitas dicas. São os melhores professores”, ressalta.  

O papel marca a estreia do jovem como ator em novelas. Como cineasta, seu trabalho mais recente já lançado foi o curta “Bem-Vindo de Volta”, Com Giulia Buscacio e Vitor Thiré no elenco.   

No ano passado, a produção foi indicada a Melhor Curta no Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), considerado hoje o melhor festival de cinema brasileiro dos Estados Unidos. 

Ao todo, Lucas já tem cinco curtas metragens em seu currículo. Atualmente, o diretor ainda está trabalhando na pós-produção do seu último filme, “Nada de Bom Acontece Depois dos 30”. 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!