Divórcio

Joelma diz que fez jejum para perdoar Ximbinha

Em entrevista a youtuber, cantora aproveitou para rasgar elogios à Anitta

Joelma diz que fez jejum para perdoar Ximbinha
Joelma seguiu recomendação de pastora do Pará

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 20/05/2019 às 19:03:53 Atualizado em 21/05/2019 às 20:13:59

Para perdoar Ximbinha, a cantora Joelma precisou fazer um jejum de sete dias. A história foi contada ao youtuber Raphael Acioli no “Trago Verdades” publicado nesta segunda-feira (20). No papo virtual, ela relembrou o quanto que as lembranças de sua infância a ajudaram a superar problemas e elogiou Anitta: “ninguém chega aonde está à toa”.

A conturbada separação de Joelma e Ximbinha aconteceu no fim de 2015 e chamou muita atenção da imprensa e do público. O perdão ao ex aconteceu meses antes das primeiras declarações sobre o assunto. “Foi difícil, viu? Eu lembro que comecei a sentir uma coisa muito ruim dentro de mim. ‘Meu Deus, me ajuda a perdoar’. Cheguei a ficar três noites de joelho, chorando, por que eu não queria aquilo dentro de mim, está me fazendo mal”, rememora.

Através de sua irmã, a cantora recebeu a recomendação de fazer um jejum por sete dias. A dica foi de uma pastora de Belém do Pará. “Eu fiz. E foi saindo aos pouquinhos (o ódio). No sétimo dia, consegui perdoar. Mas perdoar não é confiar”, ressalta. Ela ainda deixa claro que não há chance alguma de reatarem o relacionamento. “Não vamos voltar porque não é a vontade de Deus”, diz.

Por sinal, as lembranças da infância simples a ajudou a enfrentar a separação. “A minha infância me salvou no pior momento da minha vida (a separação). Foi naquele momento que eu fui lá na minha infância, era uma menina com o pé no chão, só de calcinha, cabelão, e brincava o dia todo. E eu disse: vou ser feliz, sim”.

Outra pessoa que ela precisou perdoar foi o próprio pai. “Para ser feliz, eu preciso me consertar. Quando a gente conserta, é tão maravilhoso. Você vai sentindo aquela leveza. Aí eu liguei para o meu pai, falei tudo, a gente chorou” e ambos botaram tudo em pratos limpos.

Pessoas guerreiras

Durante a entrevista, Joelma rasgou elogios para alguns artistas. Sobre Anitta, destaca sua garra. “Ela trabalha para caramba, é guerreira. Se ela tem o que ela tem, ela é merecedora”, aponta. Outro que recebeu o carinho da artista foi Wesley Safadão: “Conheci ele garotinho ainda. E ele chegou onde chegou, está mais bonito. É um vencedor”.

Sobre a história que teria sido ignorada por Ludmilla no “Feliz Natal Brasil”, evento promovido pelo Instituto Neymar, Joelma diz que foi um mal-entendido, visto que ela não foi desprezada e nenhuma das duas se tocou do ocorrido no palco. “Tanto que quando ela saiu, me agradeceu”, afirma.

Por fim, aproveita para alfinetar Sônia Abrão: “Eu queria agradecer a ela, que fala muito de mim. A pessoa tirar um pouquinho do seu tempo para falar de você, é porque você é muito importante. Fico me sentindo”.

Confira o vídeo:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!