Novos rumos

Lembra dela? Stefhany Absoluta segue carreira gospel com cultos e músicas

Stefhany Absoluta
Fotos: Divulgação

Publicado em 14/10/2018 às 11:39:46

Por: Fabrício Falcheti

Despontada na internet em 2009, Stefhany Absoluta se converteu à igreja evangélica e atualmente viaja pelo Brasil pregando em cultos e cantando música gospel.

Ela ficou famosa aos 17 anos com o clipe da música "CrossFox". "No meu CrossFox eu vou sair, vou dançar, me divertir. Eu sou linda, absoluta, eu sou Sthefany", dizia a letra.

Hoje com 27 anos, Stefhany é casada com um homem de 53 anos e mãe de uma menina, Débora Esther, de 1 ano e 11 meses. O casamento aconteceu em 2015 e virou notícia pela diferença de idade e por ela chegar à cerimônia montada em um jegue, no Piauí.

“São cinco anos de evangelho com Cristo, cinco anos que eu conheci Jesus, eu aceitei Jesus com 12 anos de idade, me afastei dos caminhos do Senhor e voltei, tive oportunidade de conhecer muitas coisas que o mundo oferece e hoje eu vejo que é tudo fantasia”, diz Stefhany, que adotou o sobrenome do marido, Cardoso.

“Hoje eu sou mãe e esposa. Costumo dizer que não é uma carreira, mas um Ministério de Deus, sou mais velha e experiente, tenho muitas coisas para contar, sou muito feliz com tudo que Deus tem feito” finaliza.

A cantora já lançou dois CDs com músicas voltadas para o público gospel, sendo o último álbum intitulado “Sobrevivi”. “É um álbum muito forte que fala sobre a minha vida, sobre as tempestades, sobrevivi às calúnias e difamações”, testemunha.

Parte das músicas é de autoria própria, outras da mãe e de uma das irmãs de Stefhany Cardoso, além de parcerias com outros cantores que atuam no mercado gospel.

Recentemente, ela lançou os clipes “Como Águia” e “Renunciarei”, disponível no canal oficial da artista no YouTube.

Confira:



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!