Reportar erro
Biografia

Em biografia, filho de Hebe Camargo relata perfil violento do padrasto: "madrugadas de confusão"

Hebe Camargo morreu no dia 29 de setembro de 2012, aos 83 anos

hebecamargo_6a96a65c24c363b5b0821724a62a617ed635eec1.jpeg
Divulgação
Diego Falcão

Publicado em 26/04/2017 às 12:52:06

A biografia da apresentadora Hebe Camargo, escrita por Artur Xexéo e que será lançada em maio, conta diversos fatos curiosos da carreira dela.

Marcello Capuano, filho de Hebe, narra em um trecho o lado violento do seu padrasto Lélio Ravagnani, com quem ela foi casada por 29 anos.

"No começo, a nossa relação era boa. Ele me tratava muito bem. Nunca pus empecilho algum ao relacionamento dos dois. Depois, não ficou boa por causa do excessos de bebida. Havia muita gritaria e discussão na nossa casa. Ele era extremamente ciumento. Voltava alterado das noitadas e brigava com a minha mãe por causa de ciúmes. Insinuava que ela tinha dado muita atenção a alguém ou reclamava que alguém tinha dado muita atenção a ela", diz Marcello.

Madrugadas de confusão

Ainda em trecho da biografia, Marcello relata as madrugadas de confusão. "Eram madrugadas de confusão. E ele ficava violento. Teve uma noite em que minha mãe se trancou no quarto, e ele derrubou a porta dando murro. Com 17 anos, depois de uma dessas brigas, eu tive uma crise e quis sair de casa. Não suportava mais vê-lo tratando mal a minha mãe".

"Mas ela ficou do lado dele... Dois dias depois de uma briga, eles já estavam vivendo o maior dos amores", revela.

Hebe Camargo morreu no dia 29 de setembro de 2012, aos 83 anos, após sofrer uma parada cardíaca em sua casa. Ela lutava contra um câncer no peritônio.

Reveja momentos marcantes de Hebe Camargo na telinha

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos