Enfoque NT

Em pleno verão, grade do SBT é fria, monótona e sem novidades

Sem novidades, SBT fica para trás na tentativa de morder fatia maior de audiência

Celso Portiolli e Eliana
Celso Portiolli e Eliana: programas são reprisados até março - Divulgação/SBT

Publicado em 25/02/2019 às 09:00:46 ,
atualizado em 25/02/2019 às 12:22:55

Por: Thiago Forato

No alto de seus quase 38 anos, o SBT segue disputando a tapa o segundo lugar de audiência com a Record TV. Briga que se arrasta ferrenhamente há mais de uma década, quando o canal de Edir Macedo lançou o slogan de "rumo à liderança" e passou a investir de forma maciça no jornalismo e dramaturgia.

Apesar de ter dado espasmos de investimento ao longo desse tempo, chama a atenção neste verão, mais uma vez, o total comodismo do SBT e toda sua grade de programação pautada nas repetições e enlatados.

Seus principais programas tiraram férias e estão reprisando, tais como o "Programa do Ratinho", "The Noite", "Eliana", "Domingo Legal", dentre outros, com exceção, pasmem, de Silvio Santos, ao contrário do que acontecia até o início dos anos 2000, onde era o dono quem voltava só depois do Carnaval.

O problema não é as produções terem férias. Até porque isso é lei e todos merecem descanso depois de um ano trabalhado. O problema são as reprises intermináveis e o comodismo em não se encontrar nada pontual para substituir tais programas.

A exemplo do que acontecia nas férias de Ratinho no início do século passado, quando o SBT lançava "Smallville", nada parecido é feito. Nenhuma novidade é anunciada, deixando a grade de programação fria.

Enquanto a Globo ferve no verão com novidades a perder de vista e até a Record TV investe na tentativa de seduzir o telespectador, o SBT se mantém na sua interminável zona de conforto. E o pior é que isso de alguma maneira funciona.

Com uma grade sem frescor, os bons números de audiência surgem, embora na média dia (7h à 0h), a Record TV esteja ocupando o segundo lugar na Grande São Paulo.

Domingão no marasmo

Basta ver o que tem acontecido aos domingos no SBT. Ontem (24), por exemplo, o "Domingo Legal" reprisou um "Passa ou Repassa" com Eduardo Costa e a Eliana, que já é um programa bastante frio e com um auditório coadjuvante, se transformou em um iceberg. Conteúdo velho.

Sem grandes chacoalhões em sua programação, desse modo o SBT acaba se distanciando da Record TV em vontade de fazer televisão e morder uma fatia de audiência maior.

O SBT se transformou em um grande museu de novidades não é de hoje. Mas, a situação se agrava nos primeiros meses do ano, com seus programas retornando somente em março.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 14 anos e assina a coluna Enfoque NT há oito, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br Twitter: @tforatto


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!