Sandro Nascimento
Reportar erro
Coluna do Sandro

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019

As 10 maiores decepções ao longo do último ano no Prêmio Cerejinha

Viviane Araújo, Marcos Palmeira e Roberto Justus
Montagem NaTelinha
Sandro Nascimento

Publicado em 08/12/2019 às 11:30:11

Ao fim de cada ciclo do ano sempre ocorrem as tradicionais premiações dos melhores da televisão. Com o intuito de  buscar a valorização do profissional da mídia, a 10ª edição do prêmio NaTelinha está com votação aberta até o dia 16 de dezembro.

Porém, a coluna resolveu fazer uma lista dos programas, apresentadores e situações que foram grandes decepções ao longo de 2019.  Quem trabalha na TV aberta sabe que está suscetível aos elogios e às críticas. Afinal, são os erros que mostram os caminhos dos acertos. Embora essa afirmação seja ignorada por muitos executivos de televisão.

Se preparem porque está no ar a 1ª edição dos piores do ano do Prêmio Cerejinha.

Sapo Enterrado - O Sétimo Guardião

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019

Dentre os sapos que foram enterrados na televisão em 2019, com certeza aquele que foi colocado nos estúdios da Globo para a novela O Sétimo Guardião merece o prêmio deste ano. O sapo foi bem enterrado.

Na trama escrita por Aguinaldo Silva ocorreu tudo o que poderia dar de errado em uma novela. Baixo Ibope, briga nos bastidores entre atores, morte de figurante, disputa na justiça pela sinopse e ameaça de suspensão na estreia por uma liminar. Além disso, se não bastasse, seu agitado backstage ainda causou separação de um casal margarina.  Será que foi o gato Leon? Curuzes!

Cancelamento na Internet -  Rodrigo Faro

Depois de tanto chororô e lágrimas derramadas em 2019, Rodrigo Faro finalmente conseguiu se destacar na web com essa característica. Durante a homenagem póstuma a Gugu Liberato, ele perguntou para sua produção quanto seu programa estava marcado de Ibope.

A cena abriu margem para questionamentos éticos e a internet não perdoou e detonou o apresentador da Record, promovendo seu “cancelamento”.

O tema emplacou a liderança dos assuntos mais comentados naquele domingo e bateu todos os recordes de repercussão, não muito amável, na web em 2019.

Não foi dessa vez - Tiago Abravanel no SBT

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019

Depois de alguns anos na Globo, e sempre cobrado para assumir a apresentação de um programa no canal do seu avô, Tiago Abravanel finalmente estreou no SBT em 2019.  Mas como falaria Silvio Santos: "Mah oee! Eu não vi, minha esposa não viu, minhas filhas não viram e ninguém viu".

Se o problema foi o formato do Famílias Frente a Frente, vamos esperar que tenha sido. Pelo seu talento, Tiago merece outra chance porque não foi dessa vez. Prêmio Cerejinha pra ele.

Cigano Igor do ano -  Viviane Araújo em O Sétimo Guardião

Linda e eterna rainha de bateria do Salgueiro, Viviane Araújo deveria repensar se deseja mesmo seguir a carreira de atriz. Vale o aviso: Cada um no seu quadrado.

Seu personagem em O Sétimo Guardião, Neide, parecia um robô e tinha a mesma entonação de voz quando estava triste e alegre na trama. Finamente achamos uma companhia para o cigano Igor. Prêmio Cerejinha em ritmo de samba.

Gasparzinho - O Aprendiz com Roberto Justus

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019

Quando foi exibido pela última vez na Record, em 2014, O Aprendiz estava em queda livre de audiência e a emissora despachou o formato para a FremantleMedia.

Porém, igual a Fênix, de uma hora para outra, Roberto Justus, que ninguém mais apostava que voltaria à TV, reaparece na Band com um programa que todo mundo avisou que já estava esgotado.

Como dinheiro não é seu problema, ele teimou, comprou os direitos do reality e colocou no ar no prime-time da emissora dos Saad. Resultado da aposta foi igual ao Gaspazinho, só serviu para assustar a pouca audiência da Band.

Gasparzinho 2 - Olga na RedeTV!

Nesse quesito só preciso questionar: Você sabia que o Olga Bongiovanni retornou à televisão pela RedeTV!? Prêmio Cerejinha nela.

Se Jogou errado - Fernanda Gentil no Se Joga

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019

Depois de uma brilhante participação na Copa 2018, Fernanda Gentil decidiu que chegou a hora de migrar para o entretenimento da Globo.

Porém, ela acabou se jogando errado num projeto que só seus diretores acreditavam que poderia dar certo. Sem exibir o famoso padrão Globo de qualidade, o Se Joga foi a pior atração que canal colocou na sua grade em anos. O Se Jogou errado do ano é seu Gentil, Cerejinha pra você.

Quem decidiu? - Padre Alessandro na RedeTV!

Dentre tudo o que aconteceu no ano na televisão, esse merece o troféu do Quem decidiu?. Alguém precisa procurar a pessoa que decidiu colocar na programação da RedeTV! o Padre Alessandro Campos. Buscamos classificar a atitude de corajosa ou falta de know how de televisão. Bem, o troféu Cerejinha está aqui, vem pegar.

Desperdício na TV - Núcleo família do Rock em A Dona do Pedaço

Prêmio Cerejinha: Os piores da TV em 2019


Ninguém entendeu o que Walcyr Carrasco queria quando criou o núcleo da família do Rock (Caio Castro) em A Dona do Pedaço.  Se não tivesse, ninguém sentiria falta. 

Foram escalados para o desafio: Betty Faria, Tonico Pereira, Marcos Nanini e Rosi Campos. O melhor exemplo de desperdício de talentos da TV em 2019 em um só local. Personagens que nem engraçados eram. Loucura, loucura. Cerejinha, Walcyr!

Virou coadjuvante - Marcos Palmeira em A Dona do Pedaço

A promessa era para ser o casal avassalador na novela A Dona do Pedaço, mas ninguém torceu para o insosso Amadeu (Marcos Palmeira) ficar com  Maria da Paz (Juliana Paes). Não deu liga. Durante toda a trama ficou sendo coadjuvante

Amadeu levou chifre de Régis (Reynaldo Gianecchini) e só ficou com a amada porque Walcyr Carrasco decidiu seguir sua elogiada sinopse à risca. Prêmio Cerejinha!

Mais Notícias