Para não se indispor com Edir Macedo, Silvio Santos veta Geraldo Luís no SBT

Geraldo teve seu "Domingo Show" reduzido na Record TV

Divulgação/Record TV

Publicado em 28/02/2018 às 09:45:15 ,
atualizado em 28/02/2018 às 10:56:37

Por: Sandro Nascimento

O apresentador Geraldo Luís, desde que perdeu equipe, auditório, estúdio e 50% do tempo de arte do "Domingo Show" na Record TV, teve seu nome envolvido em um possível interesse do SBT por sua contratação.

Porém, um executivo da rede com sede em Osasco (SP), que preferiu anonimato, afirma de forma enfática que atualmente a emissora não possui espaço para Geraldo na programação e que nunca existiu uma reunião para tratar deste assunto com ele. Além disso, argumenta que Silvio Santos possui uma relação de amizade com o dono da Record TV, o bispo Edir Macedo, além de negócios, como a Simba Content, e por essa razão não quer se indispor.

Geraldo Luís tem compromisso com o canal até 2020 e prevê uma multa milionária caso antecipe seu encerramento de forma unilateral. Silvio não quer ser pivô de um rompimento entre as partes.

Ainda de acordo com a fonte, soma-se a essa decisão, o fato de que atualmente o SBT atravessa por um período de priorizar produtos que tenham boa aceitação no mercado publicitário. Para efeito comparativo, explicou que o "Domingo Legal" possui oito merchans em duas horas de programa, contra três da atração comandada por Geraldo, e nos sábados, um dia de faturamento fraco para as TVs, Raul Gil consegue pagar todos os custos de produção e obter um bom rendimento para o SBT.


publicidade

A procura por um melhor faturamento ficou evidenciado em dezembro, durante a festa de final de ano da holding do Grupo Silvio Santos, quando o dono do SBT chegou de surpresa e, no palco, para seus funcionários, revelou que suas empresas estavam atravessando um período de crise. "Eu tenho colocado muito dinheiro nas empresas. Elas, nestes dois últimos anos, têm dado maus resultados. Se eu disser a vocês que as empresas perderam R$ 400 milhões nos últimos anos, vocês não vão acreditar”, contou Silvio Santos.

VEJA TAMBÉM

A televisão mudou

Em 2016, Geraldo Luís reclamou ao vivo durante seu programa a respeito de uma reportagem que foi cortada. Como castigo, a Record TV deixou o apresentador na geladeira por um mês. Neste período, segundo interlocutores, pensando em alavancar a audiência dos domingos no SBT, existiu um interesse de Silvio Santos pelo contador de histórias. Porém, as negociações não avançaram e Geraldo renovou com o canal dos bispos por mais quatro anos.

Diferente desta época, hoje a televisão passa por uma escassez de anunciantes e nenhuma emissora pode se dar ao luxo de exibir uma programa sem ter boa avaliação do mercado publicitário. Um dos motivos que a Record TV cortou os custos do "Domingo Show" foi a falta de faturamento da atração, que segundo seu site da área comercial, tem 27% da sua audiência composta pelas classes D e E, e 47% dos seus telespectadores estão acima de 59 anos, justamente o target menos valorizado pelas agências de publicidade.

Nos corredores da Record TV, segundo funcionários, Geraldo Luís está desanimado depois que perdeu boa parte da sua produção e tempo no ar e que sua relação estaria desgastada com parte da diretoria da emissora.

Sandro Nascimento é jornalista formado. Especializou-se em produção de conteúdo audiovisual para a web e é responsável pela TV NaTelinha. Também assina colunas neste espaço e é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade