Reportar erro
Colunas

"Hell's Kitchen" mudou, mas que saudade do "Cozinha Sob Pressão"

Click TV

carlosbertolazzi-hellskitchen-cozinhasobpressao.jpg
Divulgação/SBT
Redação NT

Publicado em 02/11/2015 às 19:40:33

Se o "Bake Off Brasil" terminou com cheiro de roteiro, o "Hell’s Kitchen" começou com gosto de saudade.

Uma das maiores virtudes do programa, inclusive nas palavras do próprio chef Carlos Bertolazzi, era a diferença em relação à condução do chef Gordon Ramsay. Enquanto o norte-americano era um ignorante inconsequente, à moleque mimado, Bertolazzi era um chef rude, assertivo, mas humano e ponderado.

Era, porque o “novo” Bertolazzi está mais para Ramsay do que para Bertolazzi. Mais briguento, mais reclamão, mais ácido, mais chato... O brasileiro faz na terceira temporada do reality exatamente aquilo que falou em entrevista que não faria, por acreditar que esse comportamento não seria o mais adequado para o Brasil.

É curioso que mesmo as depressivas e inúteis confusões entre participantes no "Hell’s Kitchen" original estão sendo reproduzidas na versão brasileira, tornando as edições mais densas e cansativas.

É lamentável a alteração de rumos em um programa cuja “pegada” brasileira tanto sucesso fez, embora essa mudança não seja tão surpreendente para quem acompanhou o desenrolar das preparações para o game.

Nesse novo programa (porque definitivamente é outro programa), muita coisa mudou também nos bastidores. Nova direção, provavelmente nova produção, além de novos cenário, iluminação e pacote gráfico.

[galeria]
Quanto à cenografia, melhorou bastante. O visual das cozinhas, dos bastidores, do próprio restaurante, agora maior, deram um ar de novidade necessário ao reality.

O pacote gráfico, apesar de apresentar significativa melhora, está muito aquém do utilizado no original. Se houve preocupação em deixar o programa mais próximo do original, certamente poderia ter-se caprichado mais no grafismo. Equipe para isso, como podemos ver em chamadas e novelas, o SBT tem.

A iluminação chama bastante a atenção, assim como a maior interação entre o público do restaurante e a cozinha.

Não sei se "Hell's Kitchen" é o programa que eu gostaria de ver nas minhas noites de sábado, talvez preferisse algo mais leve, como o "Cozinha sob Pressão", mas só o tempo para dizer se a aposta é acertada ou não.

Apaixonado por televisão, Helder Vendramini pesquisa e estuda esse meio há vários anos e é formado no curso de Rádio e TV. Aqui no site, busca fazer análises aprofundadas dos mais variados temas que envolvem a nossa telinha.

Mais Notícias