Reportar erro
Colunas

O primeiro gol do Brasil em Copas narrado por Ulisses Costa

Papo de Bola

ulissescosta.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 05/07/2014 às 13:57:19

Depois que Luciano do Valle faleceu, muitas foram as hipóteses sobre quem narraria a Copa do Mundo como titular da TV Bandeirantes.

Aqui no NaTelinha, você leu que uma delas seria escalar José Silvério, um dos maiores monstros da locução esportiva no rádio e titular da Bandeirantes AM/FM desde 2000, mas que nunca teve presenças constantes em televisão. Coube a Téo José subir de segundo para primeiro narrador.

Quem ganhou mais espaço nas escalas da TV foi Ulisses Costa, que o torneio inteiro se divide entre a Band aberta e a "Rede Verde e Amarela" das rádios, além de participar do "Jogo Aberto" e do "Band na Copa". Nos debates, acho que ele exagera muitas vezes ao não deixar seus colegas falarem. Mas é inegável que narra um monte no rádio, com muita emoção e bom humor que diverte, deixando legal a transmissão.

Nesta sexta-feira (4), Ulisses trabalhou em São Paulo narrando França x Alemanha pelas rádios do Grupo Bandeirantes e participando do "Band na Copa" noturno. Silvério estava em Fortaleza para contar Brasil x Colômbia. Mas de repente, a voz do "Pai do Gol" começou a falhar assim que o microfone foi aberto. O primeiro gol brasileiro ressaltou a dificuldade. Aos 32 minutos do primeiro tempo, Zé deixou a jornada da "Rede Verde e Amarela".

De salvaguarda no estúdio, Ulisses assumiu a transmissão e a conduziu até o encerramento. Aí aconteceu algo que creio ser inédito em sua carreira (contando emissoras como Rádio Globo e Clube Paranaense B2) e que, certamente, na Rádio Bandeirantes aconteceu pela primeira vez: narrar um gol do Brasil em Copas do Mundo. Ainda por cima, um golaço como o do David Luiz, próprio para um de seus bordões: "lindo, lindo, lindo, lindo!!!".

Abaixo, poderão escutar os gols de Brasil 2 x 1 Colômbia e o primeiro brasileiro em Copa na voz de Ulisses Costa.

A imagem do dia

Epa, epa, epa, epa, epa... Tem alguma coisa errada, não tem? Estamos em tempos de Copa do Mundo e me surge Cléber Machado no cenário virtual do UFC ao lado de Júnior Cigano? Como diria o saudoso Arnold Jackson: "que papo é esse, Willis???".

Mas justifica-se: este sábado (5) é de turno duplo para Cléber, escalado pela Globo tanto para Bélgica x Argentina quanto para o UFC 175, que tem como luta principal Lyoto Machida x Chris Weidman. Transmissão em VT a partir da 01h15, após o "Altas Horas", com mínimo de 30 minutos de atraso devido às restrições contratuais.

A segunda vez de Sérgio

Também o fim-de-semana da Globo é de Fórmula 1, Grande Prêmio de Silverstone, a corrida de número 200 na carreira de Felipe Massa.

É neste circuito que, pela segunda vez seguida, Sérgio Maurício transmitirá as emoções da categoria.

Os 5 anos do "Esporte Fantástico"

Este sábado (5) registra os 5 anos completados pelo "Esporte Fantástico", que a Record estreou aos domingos, das 11h45 às 14h15, e que marcou a nova casa profissional de Mylena Ciribelli após 18 anos na Globo. As primeiras edições tiveram a co-apresentação de Reinaldo Gottino, que tem vários trabalhos esportivos em sua carreira, mas que neste caso não chegou a permanecer por cinco programas, depois disso ficando somente nos jornalísticos gerais.

Mylena apresentou o programa sozinha durante praticamente todo o primeiro ano. Em setembro de 2009, o programa deixou o domingo e foi para as tardes de sábado. Em 2010, Mylena ganhou a companhia da Cláudia Reis na ancoragem. Quando uma ou outra faltava, acionada era Thalita Oliveira. O horário atual de sábado, das 10h às 12h, veio em fevereiro de 2011. A faixa local das emissoras da Rede Record, antes de 10h às 13h, passou a ser das 12h às 15h.

Em março de 2012, duas novidades: a transmissão em alta definição e a chegada de Maurício Torres para formar um trio de apresentação com Mylena e Cláudia. O trio só foi desfeito no fim de maio deste ano com o falecimento de Maurício.

As duas permanecem no comando da atração, que gira na casa dos 5 pontos no Ibope em São Paulo, o que é um bom índice considerando-se que Globo e SBT ficam mais ou menos nesse patamar, às vezes mais, às vezes menos.
 

Edu César é titular do site www.papodebola.com.br e está de volta ao NaTelinha para falar sobre a cobertura da Copa do Mundo pelas TVs.

Mais Notícias