Reportar erro
Colunas

"Provocações", um talk-show esquecido em meio à guerra do gênero

Confira mais um artigo do "Enfoque NT"

ae39107a3f894b53052ba0a401e9720d.jpg
Divulgação/TV Cultura
Thiago Forato

Publicado em 17/04/2014 às 17:44:50

A guerra dos programas de entrevistas está fervendo no final de noite. Esquecido por muitos, o “Provocações”, comandado pelo ator e diretor Antônio Abujamra desde 2000, sobreviveu ao tempo.

Repleto de intervenções contundentes, poesias e perguntas realmente pertinentes, o “Provocações” se destaca pela diferenciação dos demais, que é mesmo o de perguntar, instigar e sugar até a última gota do entrevistado, tirando-lhe da zona de conforto, com muita sagacidade e perspicácia do apresentador.

Abujamra levou 17 anos para que o programa fosse levado ao ar. Ofereceu ao SBT, Bandeirantes, Canal 21 e CNT. Embora alguns tenham gostado da ideia, acabou ficando só nisso.

O projeto é ousado, diferente do que sempre existiu, e provavelmente isso tenha causado à resistência dos canais de televisão em aceitá-lo. Mas, tudo mudou quando um de seus ex-alunos assumiu o controle da programação da TV Cultura naquele ano de 2000.

Hoje, o “Provocações” é tema até de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de alunos que estão terminando a universidade.

Em tempos de shows frívolos, programas medíocres fadados ao singularismo, ter uma atração como o “Provocações”, onde dificilmente Fernando Pessoa foi tão declamado até mesmo na televisão portuguesa, é louvável.

“Provocações” vai ao ar todas às terças-feiras, a partir das 23h30, na Cultura.

Feriadão SBT e derivados

O SBT mais uma vez vai exibir seu “Feriadão” com dois filmes à tarde (“Happy Feet” às 14h30 e “Lucas: Um Intruso no Formigueiro logo depois), além de um especial infantil pela manhã.

A ideia vem dando certo há três anos, e a Record, para espanto geral da nação, aproveitou a ideia e seguiu no embalo de preparar uma programação um pouco mais diferente. Vai exibir pela bilionésima vez o longa “Jesus de Nazaré”.

Com os jornalísticos em alta, como o “Balanço Geral” e o “Cidade Alerta”, não há razões pra suspender a exibição desses programas. O SBT não tem tanto a perder com uma fila de novelas estrangeiras no lodo.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias