Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: Adriane Galisteu volta à Record; será que vai dar certo?

acf651c9fb97e9e874895c7e496355d7.jpg
Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 08/10/2013 às 17:44:11

Depois de nove anos, Adriane Galisteu está de volta à TV Record. Entre 2000 e 2004, a apresentadora esteve à frente do “É Show”. Antes, comandou o “Superpop” na RedeTV!, mas agora ela regressa à emissora de Edir Macedo para apresentar uma edição do “Domingo da Gente”, que estreia em 27 de outubro ou 3 de novembro.

Galisteu estreou como apresentadora em 1995 com o “Ponto G”, na CNT, e só depois foi para a RedeTV! comandar o “Superpop”. Posteriormente, Luciana Gimenez é quem assumiu o posto do programa.

Adriane é uma excelente comunicadora, mas ela tem o “karma” de dar relativa baixa audiência por onde passa e isso já não é mais nenhuma novidade.

O que mais me espantava, na época que ela se transferiu da Record para o SBT com o programa “Charme”, em 2004, e que no princípio era diário, às 15h30, era o fato de que Galisteu por vezes pegava uma audiência de dois dígitos, beirando os 20 pontos. Pra quem não se lembra, naquele ano o SBT exibia mais uma reprise de “Maria do Bairro”, que batia com frequência o “Vale a Pena Ver de Novo”. Quando o "Charme" começava, a queda era flagrante, de metade da audiência (ou mais).

Oportunidades não faltaram para que o programa emplacasse. Ele até foi colocado no melhor horário da emissora na ocasião para dar Ibope, que era às quartas-feiras, contra os jogos de futebol da Globo e Record. E também recebia em alta, com uma concorrência extremamente fraca. A partir de então, Galisteu rodou toda a grade do canal de Silvio Santos, até culminar em sua extinção, em meados de 2008. Seu último horário foi a madrugada.

Na Band, Galisteu apresentou o “Toda Sexta”, o “Projeto Fashion” e mais recentemente, o “Muito+”, que também não tiveram bons resultados. Por último, ela gravou o reality “Quem Quer Casar com o Meu Filho?”, que sequer foi ao ar ainda.

E agora?

Em entrevista à revista "Isto É", de 2000, Adriane Galisteu disse que se fosse convidada para comandar um programa aos domingos para concorrer com Faustão e Gugu, naquele momento, não iria. Só teria uma atração naquele dia quando se sentisse preparada. Ao que parece, esse dia chegou.

“Domingo da Gente” estreou em 2001 na Record sob o comando de Netinho de Paula. A atração, com apenas um mês, tinha aumentado em 10 pontos a audiência daquele horário (13h45, de 3 para 13). Os quadros assistencialistas como “Um Dia de Princesa” fizeram sucesso na mão do cantor.

Em 2006, o programa foi tirado da programação, apesar da boa audiência (entre 7 e 8 pontos). Houve muitas polêmicas envolvendo o apresentador e a Record achou por bem sacá-lo.

Com nova roupagem, o dominical voltará ao ar após sete anos e terá a loura no meio de um rodízio na apresentação até dezembro. Caso Galisteu dê certo, pode ser efetivada em 2014 no programa.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

 

Mais Notícias