Reportar
erro
Spoiler

Boninho sobre BBB 23: "Premiação pode ser diferente"

Diretor falou durante palestra na Rio2C


Boninho, diretor do BBB, sentado com Sérgio Gordilho na Rio2C
Boninho anunciou mudança no prêmio do BBB - Foto: Fabrício Falcheti/NaTelinha
Por Daniel César

Publicado em 26/04/2022 às 18:52:16,
atualizado em 26/04/2022 às 21:13:36

O diretor do BBB, Boninho avisou que o Big Brother Brasil 23 pode finalmente ter uma premiação diferente. A afirmação foi feita durante palestra na Rio2C na tarde desta terça-feira (26), na Cidade das Artes, Rio, mas sem revelar qual seria a mudança para o vencedor do reality show a partir do ano que vem.

O diretor do programa, que chega ao fim com Arthur Aguiar, Paulo André e Dougla Silva disputando o prêmio de R$ 1,5 milhão, confirmou que deverá haver mudança a partir do próximo ano. A afirmação aconteceu justamente num momento em que diversos influenciadores passaram a criticar os valores que a atração da Globo oferece para quem vence, já que não seria atrativo.

"Eu tenho uma ideia pro Big Brother, não posso dar spoiler. Mas a premiação ano que vem pode ser diferente"

Boninho

Sem dar grandes detalhes se seria um aumento do valor ou algo ainda mais diversificado. "E veio de um papo com o diretor de comunicação da Globo num almoço que a gente teve. Ele falou 'o que você acha?' e eu falei que é uma ideia e tá voando", completou durante conversa com Sérgio Gordilho, CCO da agência Africa, num painel sobre criatividade no evento.

Boninho defende construção coletiva no BBB

O chefão do BBB ainda garantiu que o programa é construído de forma coletiva, por uma equipe unida. "O processo que a gente tem é incrível, é se deixar levar. O mais legal de tudo é o seguinte 'será que eu tenho uma ideia boa?' tanto faz. Se você tem uma ideia é uma fagulha e você corre atrás. É um processo de não se reprimir, não olhar e falar 'putz será que essa ideia é boa?', não, tem uma ideia. Essa ideia pode virar uma pequena ideia, pode virar a parte de uma ideia, pode virar o conjunto que pode ser uma ideia maior", garantiu.

E Boninho seguiu defendendo a participação coletiva de seus funcionários. "O processo de criatividade não pode ser algo que você não se acha capaz de fazer porque você pode ter uma puta ideia na mão. A criatividade não obrigatoriamente precisa ser única, mas a gente faz. Eu passei um pedaço da sua ideia, o faxineiro que passou e me deu um pedaço de papel"

"Todos nós somos criativos. Não existe a não-criatividade. Existe o não aproveitamento da criatividade"

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias