Hora extra

BBB20: Eliminação de Marcela é saborosa por chocar e causar incerteza

Marcela deve ser eliminada na noite desta terça-feira (7)

BBB20: Eliminação de Marcela é saborosa por chocar e causar incerteza
Marcela é a favorita para sair nesta noite - Reprodução/Globoplay

Publicado em 07/04/2020 às 05:59:57

Por: Thiago Forato

O paredão formado por Babu, Flayslane e Marcela terá seu resultado anunciado na noite desta terça-feira (7) no BBB20. E ao que tudo indica, deve contar com a eliminação da obstetra ao enfrentar somente sua primeira berlinda.

Entretenimento é o grande lema do reality, coisa que Marcela nunca ofereceu. Teve papel importantes nas duas primeiras semanas como uma mensageira do estúpido Teste de Fidelidade e que culminou na extinção de todos os homens da casa com exceção de Babu.

As informações que Ivy e Daniel levaram da Casa de Vidro foi primordial para que Marcela sentasse em cima de um pseudo-favoritismo e todos passassem a temê-la.

Sua ida ao paredão ocorreu por uma dinâmica inédita dentro do game e Babu era o único que a indicaria. O intérprete de Tim Maia nos cinemas já havia cantado a bola no final de semana e não hesitou em emparedá-la quando teve a oportunidade.

A emoção de passar por um paredão nunca foi sentida por Marcela pelo receio dos adversários. Em 20 edições, a maioria parece não ter assistido a nenhuma. O jogo muda semanalmente, imagine em mais de dois meses?

Marcela já estava fazendo hora extra há semanas no confinamento. Porque o Big Brother não se joga com certezas. A dúvida é muito mais interessante e sua saída vai ocasionar comportamentos jamais vistos em seus aliados. Afinal, a justificativa da eliminação está sempre na ponta de língua das fadas insensatas e até o momento não houve uma verdadeira autocrítica.

A saída da obstetra é a última chance de tentarem olhar para o próprio umbigo, e claro, o entretenimento será garantido nessa reta final de BBB20.

A derrota de Marcela

Conversas profundas sobre o universo feminino e a luta das mulheres na sociedade deram vez a diálogo triviais com aliados.

Depois de engatar um romance com Daniel, não é preciso dizer que a coisa degringolou. A seletividade em apontar erros ficou ridiculamente flagrante e ela não fazia a menor cerimônia em esconder isso.

Enquanto o ator gaúcho tomava punições o dia inteiro, desperdiçava água e comida, Marcela preferiu fechar os olhos e se escorar numa posição de exímio conforto.

Prova de que o medo paralisa, nunca foi opção de voto de ninguém. Quem seria o louco de se indispor com a favorita? Ou o namorado dela? Não precisa ir longe para lembrar que Daniel foi eliminado por um acaso. Certamente não seria indicado tão cedo.

Sem uma narrativa consistente, Marcela virou papagaio nas votações ("voto no Babu porque ainda não consigo votar nas meninas") e se escondeu como uma das marionetes de Pyong. Pedia proteção quando precisava e classificava o jogo do coreano de agressivo quando confortável.

Como se tudo isso não bastasse, também teve comentários pontuais considerados racistas. Há conteúdo suficiente por aí para atestar isso, inclusive aqui no NaTelinha.

Marcela também já criticou Gizelly pelas costas quando teve a oportunidade e mostrou que de fada sensata não tem nada. É seletiva na hora de distribuir broncas e apontar erros ou defeitos.

As informações da Casa de Vidro serviram para uma coisa: Marcela permanecer o maior tempo possível e provar ao público que foi construída uma imagem sua de uma mulher que nunca existiu.

Game over.


Thiago Forato é jornalista e escreve diariamente para o NaTelinha. Assina a coluna Enfoque NT desde 2011 e agora dá pitacos sobre o BBB20. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!